Início > Notícia > Atleta que agrediu árbitro é punido com um ano de suspensão

Atleta que agrediu árbitro é punido com um ano de suspensão

Os árbitros de futebol do Estado de São Paulo e de todo o país tiveram uma vitória nessa semana na busca pelo fim da violência contra a categoria. Isso porque o atleta do União São João de Araras foi punido por quase um ano de suspensão pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol, após agredir um árbitro em partida da Copa Paulista de Futebol.

Lucas Rodrigo Louzã, 21 anos, foi expulso na partida do União São João contra o Batatais, em Araras, pela oitava rodada da competição. Antes de sair do gramado desferiu um soco no árbitro Rogério dos Santos Laranjeiras que teve dificuldades para respirar. Em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva da FPF, a agressão não ficou impune e o atleta enquadrado nos artigos 250 e 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva foi punido com 360 dias de suspensão em competições organizadas pela Federação Paulista de Futebol.

Lucas Louzã é irmão do atacante Luan do Palmeiras e tem, nesta temporada, números importantes com relação à disciplina. Embora esta tenha sido a sua primeira expulsão, o jogador já recebeu nove cartões amarelos em 2011. A agressão sofrida foi relatada pelo árbitro na súmula da partida, que foi utilizada para embasar a punição ao atleta.

Confira abaixo, a íntegra do relato de Rodrigo dos Santos Laranjeiras sobre o ocorrido:

“Aos 71 minutos de jogo, após expulsar o jogador n° 11 da equipe União São João, Sr Lucas Rodrigo Louzã, fui atingido por um soco desferido pelo jogador expulso, que acertou meu tórax do lado direito, fato esse que me deixou sem respiração, fui atendido pelo médico da partida Dr Newton Aparecido Baretta, ficando o jogo paralisado por 8 minutos. O jogador expulso após a agressão foi contido por jogadores de sua equipe pois pretendia me agredir novamente. Após o término da partida compareci a Santa Casa de Misericórdia de Araras (Hospital São Luis), para realização do Laudo de Exame de Corpo Delito e a Delegacia de Polícia de Araras onde foi elaborado o RDO n° 3205/2011 que seguem anexos a este relatório.”

Fonte: SAFESP
Link: http://www.t2m.net.br/safesp/pt/noticias/pg_view_noticias.php?id=94

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:,
  1. 01/09/2011 às 15:06

    infelizmente aqui em Curitiba as agressões são uma constante, em menos de um mês houve 5 árbitros agredidos no futebol amador.Não há policiamento, e o futebol amador é valorizado demais pela F.P.F. pois no seu estatuto , os clubes amadores tem o mesmo poder de voto para as eleições que os clubes profissionais

  2. jose maria
    01/09/2011 às 22:03

    Espero que o TJD de São Paulo não assopre depois da mordida, que geralmente,eles revertem a pena em cestas básicas e o arbitro geralmente fica com cara de trouxa, pois é o lado mais fraco da historia, ainda mais sendo o União São João.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: