Início > Notícia > Homenagem na despedida de Gilson Coutinho e Amilton Pontarolo

Homenagem na despedida de Gilson Coutinho e Amilton Pontarolo

Associação de Árbitros do Paraná (APAF) presta homenagem a Gilson Coutinho e Amilton Pontarolo. Árbitros assistentes paranaenses encerram suas trajetórias no quadro nacional.

O Atletiba deste domingo será especial para o londrinense Gilson Bento Coutinho. Acostumado a trabalhar no principal clássico do estado, o árbitro assistente paranaense encerra sua trajetória no quadro nacional de árbitros da CBF naquele que está sendo considerado como o Atletiba do século.

Nada mais do que merecido para este grande nome da arbitragem do Paraná. Domingo, ao apito final do candango Sandro Meira Ricci, estará finalizada a trajetória de um dos mais competentes assistentes do futebol nacional. Gilson não é apenas mais um fruto bom dessa terra, que parece ser muito fértil para arbitragem, haja vista que dela saíram árbitros como Afonso Vitor de Oliveira, Héber Roberto Lopes, entre outros nomes.

Sempre reservado, com cara de bravo, os que não o conhecem não imaginam a pessoa simpática e simples que se esconde por trás dessa armadura. Sem dúvidas o legado deixado por Gilson jamais será esquecido. Quem também deixará saudades nos estádios pelo Brasil afora será o guarapuavano Jose Amilton Pontarolo, uma pessoa de simpatia e amizade fora do comum, sempre disposto a ajudar os mais novos.

A quantidade de partidas importantes realizadas por Gilson e Pontarolo são enormes, considerados árbitros de confiança da Comissão Nacional de Arbitragem, sempre foram no decorrer dos anos figuras repetidas nas escalas da Série A do Campeonato Brasileiro, dentro do Estado duas referências na difícil tarefa de assistentes da arbitragem.

Há alguns anos atrás quando iniciaram o curso de arbitragem eles não imaginaram a importância que teriam para a o futebol e hoje servem de inspiração para os mais novos. Ambos se mantiveram sempre intactos, incorruptíveis durante períodos truculentos da arbitragem do Paraná. Os nomes de Gilson Bento Coutinho e Jose Amilton Pontarolo sempre foram sinônimos de honestidade e competência.

A APAF, em nota, agradeceu a oportunidade de ter em seu quadro de associados duas pessoas como estas, pois a presença dos mesmos durante estes vários anos engrandeceu a arbitragem paranaense e nacional.

Gilson e Pontarolo a despedida é um momento de tristeza, mas o legado de ambos é que será lembrado pelas futuras gerações de árbitros.

Gilson Bento Coutinho, Heber Roberto Lopes e Jose Amilton Pontarolo

Fonte: APAF
Assessor de imprensa: Eduardo Furiatti

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: