Arquivo

Archive for junho \27\UTC 2013

Por melhor formação de árbitros, FPF recebe visita internacional

janieA Federação Paulista de Futebol (FPF) recebeu nesta terça-feira (25) a visita da inglesa Janie Frampton, diretora da empresa Sports Officials Consultancy Ltd., que conversou com o presidente da Comissão de Arbitragem de Futebol de São Paulo (CEAF-SP), Cel. Marcos Marinho, e o diretor da Escola de Arbitragem Flávio Iazzetti, Roberto Perassi.

O intermediário da visita foi o psicólogo do CEAF-SP, Gustavo Korte. “Participei de outro projeto com a FIFA e tinha feito contato com a Federação Inglesa para ter mais conhecimento, a gente acabou mantendo contato e ela (Janie Frampton) me disse que viria ao Brasil, então marcamos essa visita”, explicou.

Roberto Perassi enalteceu a visita da inglesa e a oportunidade de trocar experiências. “Temos a busca pela excelência. E quando você tem alguém da FA que traga uma nova experiência no campo da formação de novos árbitros faz parte do nosso crescimento”, comentou.

Korte ressaltou que o objetivo do encontro é trocar experiência para que a formação dos árbitros aconteça mais cedo. “Uma das propostas é começar a arbitrar desde cedo. É uma exigência da FIFA. No Brasil não tem uma cultura de formar jovens árbitros. Na Inglaterra já tem isso, então esse é o objetivo”, falou.

Para Janie, é importante que o trabalho com os árbitros comecem desde cedo. “Quanto mais cedo você desenvolver o árbitro, melhor vai ser porque você evita que eles criem maus hábitos na arbitragem”, disse.

Para seguir as recomendações da FIFA, a formação de jovens árbitros é uma das buscas da escola de arbitragem da FPF. “Estamos contatando locais e pessoas que têm essa experiência de formação, para podemos aprendermos quais são as estratégias, formação do grupo, a forma metodológica de desenvolvimento, a parte pedagógica. Tudo isso é importante para colocarmos em prática”, falou Perassi.

A escola de árbitros da FPF terá duas novas turmas iniciando o curso no início de agosto. “A nossa média de idade para a nova turma é de 22, 23 anos. É uma média boa para nossa formação”, finalizou Perassi.

Autor: Ruben Fontes Neto
Fonte: FPF

Categorias:Notícia

Pênalti e gol é gol?

24/06/2013 2 comentários

Um lance raro e polêmico aconteceu na partida entre Brasil e Itália na Copa das Confederações. O jogador brasileiro Luiz Gustavo agarrou claramente Balotelli dentro da área, o derrubando. Ao que parece, o árbitro assinalou um pênalti, mas logo em seguida Chiellini chutou a bola para dentro das redes e o árbitro concedeu o gol, sinalizando o meio de campo com seu braço.

O fato curioso fica por conta do árbitro possivelmente ter apitado a penalidade e logo em seguida ter concedido o gol.

O que você opina? O lance foi correto? O que deveria ter sido feito?

Veja o video:

Categorias:Notícia

Jantar do Seminário da FIFA para Copa da Confederações

O ex-árbitro mundialista Carlos Simon (RS) publicou em seu Twitter uma foto ao lado de Arnaldo César Coelho e Howard Webb, dois finalistas de Copa do Mundo, que estavam presentes no Jantar do Seminário da FIFA para Copa da Confederações 2013 no Brasil, que terá início no próximo fim de semana. Os brasileiros atualmente são comentaristas de arbitragem em canais de televisão. Webb é o representante inglês para apitar a competição.

coelho_webb_simon

Árbitros paulistas realizam teste de coeficiente físico

arthurOs árbitros da Federação Paulista de Futebol (FPF) iniciaram nesta terça-feira (4) os testes de coeficiente físico, promovidos pela Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-SP) em conjunto com uma empresa especializada em consultoria em Ciências do Esporte.

Todo o quadro de árbitros e assistentes da FPF deverão passar pelos testes, que consistem em medição de gordura e massa muscular, testes de aceleração em tiros de distâncias de 15 e 30 metros, e teste aeróbico, em que os árbitros fazem os percursos para avaliar a resistência.

Um dos árbitros presentes nesta terça-feira no Nacional, Alessandro Darcie ressaltou a importância dos testes. “Esses testes são primordiais durante o ano, pois faz com que nós árbitros treinemos mais quando não tem os testes ou quando não somos escalados para os jogos. Temos que estar sempre bem preparado para os testes e para os campeonatos”, comentou.

A grande novidade desta série é o ‘teste ioiô’, que serve para a medição da resistência dos árbitros. “O ioiô já é um teste conhecido no mundo do esporte, que também dá uma real noção da capacidade aeróbica de cada árbitro”, disse Guilherme Rodrigues, representante da empresa de consultoria que realiza os testes.

Membro do CEAF-SP, Arthur Alves Júnior, esteve presente para acompanhar os testes e também comentou a novidade. “A arbitragem da FPF, comandada pelo Dr. Marco Polo Del Nero e pelo Coronel Marinho vem sempre inovando. Esse é um teste FIFA, e é o mais puro que tem, para avaliar os árbitros”, ressaltou Arthur.

Após a realização dos testes, os árbitros recebem um relatório individual e um treino específico para melhorar a capacidade física. “Esse teste de coeficiente físico é o início da preparação deles. Através dos dados fazemos com que eles treinem melhor dentro de suas necessidades e consequentemente tenham um desempenho físico melhor”, explicou Guilherme.

O preparador físico também explicou os benefícios que os testes físicos podem trazer na prática. “Melhor fisicamente, ele vai estar melhor para um deslocamento, para um arranque que ele precise em uma jogada de contra-ataque, para que ele esteja sempre presente e com capacidade física dando estrutura para que ele consiga tomar uma decisão com mais qualidade”, finalizou.

Os testes de coeficiente físico ainda irão ocorrer nos dias 6, 11 e 13 de junho, no campo do Nacional, na Barra Funda, capital paulista.

teste-ioio

Fonte: FPF

Categorias:Notícia Tags:

FIFA realizou seminário de árbitros da Copa das Confederações

Evento reúne 52 candidatos ao Mundial de 2014, sendo 10 da Copa das Confederações. Entidade veta perguntas sobre competições e tecnologia.

Nesta sexta-feira, depois de uma semana intensa de atividades com trabalhos teóricos, testes clínicos e exercícios físicos, chegou ao fim o seminário que contou com a presença de 52 árbitros que são candidatos a estarem na Copa do Mundo do Brasil em 2014. Dez juízes dos que estiveram presentes no Rio já foram escolhidos para dirigir os jogos da Copa das Confederações. No encerramento do evento, o ex-árbitro e atual chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, e Arnaldo Cezar Coelho falaram sobre o tema e responderam perguntas dos árbitros.

Mas, por determinação da Fifa, não foram permitidos questionamentos sobre qualquer assunto além do seminário, e nem mesmo sobre a tecnologia da linha do gol (GLT, da sigla em inglês Goal-line technology). Quando o assunto foi abordado, uma das assessoras da entidade interrompeu e afirmou que uma coletiva está marcada para o dia 14 de junho para falar sobre o tema e também sobre a Copa das Confederações, primeiro torneio entre seleções a usar a tecnologia. Os estádios do Brasil já estão equipados com o sistema.

fifa-conf-cup

Os árbitros também não foram autorizados a concederem entrevistas. De acordo com a Fifa, na tecnologia da linha do gol a informação de que um gol foi ou não marcado deve ser imediata e confirmada dentro de um segundo. O teste na Copa das Confederações servirá para mostrar se a tecnologia poderá ser usada na Copa do Mundo de 2014.

Durante o encerramento do seminário, questionado sobre o que é preciso para um árbitro ter boa atuação em um evento importante como a Copa, Arnaldo Cezar Coelho, que apitou a final da Copa do Mundo de 1982 entre Itália e Alemanha.

– Arbitrar futebol é pensar com tranquilidade, pensar que os árbitros têm que preservar o bom futebol, o craque e punir com rigor a violência. O mais importante é dar dinâmica ao jogo, deixar jogar, interferir o menos possível. Árbitro não é a figura principal, é coadjuvante da partida – afirmou Arnaldo Cezar Coelho.

Fonte: Globo Esporte

%d blogueiros gostam disto: