Arquivo

Archive for agosto \14\UTC 2013

Nova comissão de arbitragem da FIFA

boyce

A FIFA fez duas mudanças significantes na direção da Comissão de Arbitragem – por razões ainda desconhecidas, o presidente Angel Maria Villar Llona, da Espanha, deixou o cargo, assim como o belga Michel D´Hooghe, responsável pelas competições.

O novo presidente é Jim Boyce (foto), da Irlanda do Norte, que é vice-presidente do comitê executiva da FIFA e já foi presidente da IFAB (Board) de 1995 a 2007.

A nova comissão é a seguinte:

Presidente: Jim BOYCE – Irlanda do Norte

ZHANG Jilong – China

Worawi MAKUDI – Tailândia

Membros de Competições:

Carlos ALARCÓN – Paraguai
Badara SENE – Senegal
Jorge ROMO – Argentina
Peter MIKKELSEN – Dinamarca
Toru KAMIKAWA – Japão
Carlos BATRES – Guatemala
Tarek BOUCHAMAOUI – Tunisia
Lee HARMON Cook – Islândia
Ingrid JONSSON – Suécia
Jorge LARRIONDA – Uruguai
Jassim MANDI – Barein
Celestin NTAGUNGIRA – Ruanda
Alfredo TRENTALANGE – Itália
Terence BABWAH – Trinidad e Tobago (Comitê Medico)

Membros de Desenvolvimento:

Belaïd LACARNE – Algeria
Michal LISTKIEWICZ – Polônia
Ted HOWARD – EUA
Lambert MALTOCK – Vanuatu
Katriina ELOVIRTA – Finlândia
Jacqueline LELEU – Australia
Subkhiddin MOHD SALLEH – Malásia
Mike RILEY – Inglaterra
Oscar RUIZ – Colômbia
Hector VERGARA – Canadá
James SEKAJUGO – Uganda (Comitê Medico)

Comissão oficial: FIFA

Curso de Árbitros tem início na sede da Federação Paulista

id_30750_aula_arbitragem

De olho na formação de novos árbitros para o futebol brasileiro, a Federação Paulista de Futebol deu inicio, na noite desta segunda-feira, ao Curso de Árbitros 2013/2014, realizado pela Escola de Árbitros Flávio Iazzetti. Ministrado pelo diretor Roberto Perassi, a aula inaugural aconteceu no Salão Nobre da entidade e contou com a presença de todos os alunos inscritos.

Perassi falou sobre o curso e se mostrou empolgado com o seu início. “Não sei se a expectativa é maior da parte deles ou da nossa. Quando uma nova turma tem início, a ideia é que a maior parte chegue ao final. É nossa responsabilidade entregá-los bem”, disse.

O diretor ressaltou ainda uma novidade em relação aos últimos cursos. “O processo é longo, com muitos trabalhos e aulas teóricas, além das práticas, que será o diferencial deste ano. Como faremos as disciplinas por aulas, o pessoal será obrigado a pesquisar mais e realizar trabalhos como um curso universitário de verdade”, afirmou.

Perassi explicou com funcionarão as aulas e as etapas das mesmas. “Serão três módulos. O primeiro é o teórico, no qual aprenderão as 17 regras e a prática dessas regras. O segundo são as matérias de noções básicas, como nutrição, hidratação e primeiros socorros, além de logística da carreira, que é uma novidade. O terceiro será prático. Os alunos vão ao campo de jogo trabalhar em Sub 11, 13 e até o 15, e, ao final desse estágio supervisionado, ele passará por um teste para definir quem serão árbitros e assistentes, assim cada um sairá com suas funções definidas”, declarou.

Um dos que realizarão o novo curso, o aluno Antônio Carlos Júnior ressaltou o início do caminho até o sucesso. “Todos almejamos fazer o curso e poder ter um futuro brilhante. Igual foi falado na reunião, ninguém vai conseguir ficar rico sendo árbitro. Precisa ser uma pessoa que goste, se dedique e que ame a arbitragem”, concluiu.

O curso vai até dezembro de 2014, quando os alunos formados receberão o diploma de árbitro profissional.

Fonte: FPF
Autor: Lucas Ventura

Categorias:Notícia Tags:, ,

NFL tem sua primeira árbitra

sarah-thomasSarah Thomas, membro do programa de treinamento de árbitros da NFL (Liga Norteamericana de Futebol), será a primeira mulher a atuar como árbitra em tempo integral na liga.

“É emocionante voltar a vestir o uniforme listrado, é o começo de uma nova temporada do futebol american. Estou junto com outro 21 companheiros, e é nossa oportunidade de estar em jogos do nível da NFL.”

Atualmente, Sarah se encontra no campo de treinamento em Nova Orleans, onde, posteriormente, voltará ao jogos universitários, onde será avaliada.

A oficial falou sobre a diferença entre os níveis universitário e profissional do futebol americano nos Estados Unidos: “No nível profissional, os jogadores são dotados de um assombroso talento, mas quando estão em nível universitário também são grandes atletas, mas a grande diferente deve ser o tamanho, a final de contas, nós (árbitros) devemos fazer nosso trabalho”.

Finalmente, ao ser questionada sobre a maneira em que foi recebida no campo de treinamento, somente disse que ela é uma árbitra e gosta qu seja tratada como tal.

Sarah Thomas também foi a primeira mulher encarregada de apitar uma partida de futebol americano entre Memphis e Jacksonville State em 2009.

Fuente: centraldeportiva.com

Categorias:Notícia Tags:,
%d blogueiros gostam disto: