Início > Notícia > Assistentes, jogadores, técnicos e torcida aprovam bandeiras da paz

Assistentes, jogadores, técnicos e torcida aprovam bandeiras da paz

id_34852_IMG_5669Neste sábado (18), o Paulistão Chevrolet 2014 inicia a temporada do futebol profissional e a principal novidade estará fora das quatro linhas, já que os árbitros assistentes terão as suas bandeiras na cor branca. A ideia da Federação Paulista de Futebol é de pregar a paz dentro dos estádios.

No estádio Pacaembu, onde se enfrentam Palmeiras e Linense, o assistente João Edilson de Andrade falou sobre esta novidade. “A arbitragem por si só já prega a paz e dar andamento ao futebol, porém, pelos últimos ocorridos, todos ficaram preocupados em fazer um espetáculo sem que a violência apareça de qualquer forma”, afirmou Andrade.

Para ele, as bandeirinhas da paz vão propiciar a possibilidade de participar de um movimento importante contra a violência. “Acho uma excelente iniciativa, pois nós coadjuvantes do jogo temos a oportunidade de participar efetivamente disso e também de mostrar a nossa preocupação e nossa vontade de evitar a violência”, declarou o auxiliar.

Assim como o seu companheiro de arbitragem para esta partida, a bandeira Maiza Tales Paiva também elogiou a iniciativa na busca pela paz. “Acho legal esta iniciativa, pois o público ficou chocado com as cenas de violência no último ano e não poderíamos ficar parados. Tínhamos que nos mobilizar para ajudar a parar com essa violência. Então esta iniciativa dentro do futebol terá a função de passar a imagem da paz para a sociedade”, afirmou.

Boleiros aprovam

Contente também com a novidade, o treinador do Linense, Bruno Quadros definiu que qualquer tipo de auxilio contra a violência é fundamental. “O futebol é um momento de alegria e lazer, a violência não é legal em lugar nenhum e o esporte sempre mostrou isso, sempre foi contra a esse tipo de atitude, portanto, tudo que vier para ajudar a expandir a paz é vista com bons olhos”, disse o comandante alvirrubro.

Novidade na ala direita do Palmeiras, Serginho também comentou sobre a importância de combater atitudes bárbaras nos estádios. “O que vimos, principalmente ano passado, foi muito feio e isso tem que parar. O futebol é família, amigos e alegria, então temos que combater a violência sempre”, falou o camisa 20.

Torcida também

Para acompanhar a estreia alviverde no ano do seu centenário, o torcedor Gilberto Marques trouxe a sua família ao Pacaembu e espera que esta medida das bandeiras da paz sejam um ponto de partida para encerrar com os conflitos nos jogos. “As torcidas organizadas trazem ao esporte muita violência e a família não vem, quando vem fica em um local separado deles e fica apreensivo em trazer crianças. Mas, hoje com essas medidas podemos pensar em ter mais tranquilidade nos estádio”, finalizou o palmeirense.

Clique no link para assistir a reportagem da TV FPF.

Fonte: FPF
Autor: Gustavo Soler

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:, , , ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: