Início > Notícia > Árbitro conquista vaga na 1ª divisão do Paulista e realiza “sonho de criança”

Árbitro conquista vaga na 1ª divisão do Paulista e realiza “sonho de criança”

arbitro_leandro

Formado em Educação Física, o árbitro assistente Leandro Fernandes Rodrigues, de 32 anos, trabalha na Federação Paulista de Futebol há mais de cinco anos. Apesar do longo período na entidade máxima da modalidade no estado, ele teve sua primeira oportunidade na elite do Paulistão em 2015. Único representante da Baixada Santista na primeira divisão, Leandro fala um pouco da sua trajetória e revela o lado “esportista” da arbitragem nos gramados.

Natural de Santos, Leandro é morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo. O interesse pela profissão nasceu quando ainda cursava a faculdade de Educação Física. O árbitro conta que o amor pelo futebol fez com que ele ingressasse no curso de arbitragem da FPF.

– Me interessei (pela arbitragem) no segundo ano da faculdade de Educação Física. Sempre treinei futebol, cresci admirando e interagindo com esse esporte, mas não me tornei atleta profissional. Queria estar no meio, pois a vontade de trabalhar no campo de futebol era grande, então me inscrevi no curso de arbitragem, dois anos depois que me formei educador físico, em 2006. Comecei a estagiar em 2008 e sou árbitro profissional da Federação Paulista de Futebol desde 2009 – afirma.

O primeiro jogo profissional da carreira foi em 2009, no antigo Parque Antártica, em um jogo da série A3 entre Palmeiras B (que não existe mais) e Grêmio Osasco, mas a primeira oportunidade na série A1 surgiu somente neste ano. Leandro atuou na partida entre São Bento Sorocaba e Linense. O árbitro lembra como foi estreia e a seletiva para entrar na elite da arbitragem paulista.

– A expectativa foi muito grande, pois tratava do meu primeiro compromisso na elite do Paulistão, porém, assim que o árbitro apitou o início da partida tudo correu bem, graças a Deus. Em outubro do ano passado saiu uma listagem de 80 assistentes que participariam da seletiva para o Paulista da primeira divisão. Foram selecionados 40. Existem outros árbitros da Baixada Santista, mas na primeira divisão sou o único, por enquanto. Tenho que dar muito valor, pois a vaga foi conquistada com muito sacrifício, entretanto tenho que tratar a responsabilidade (de ser o único da Baixada) com naturalidade para poder desempenhar bem o trabalho – revela.

Se a estreia na 1ª divisão trouxe certa expectativa para Leandro, a emoção de trabalhar no jogo com o maior público do Paulista foi grande. Segundo o árbitro, a maior plateia que ele havia trabalhado era de seis mil pessoas, em um jogo da série A2. Ele conta que atuar na partida entre Palmeiras e Capivariano, com 32.134 mil pagantes nas arquibancadas, trouxe à tona um sonho antigo.

– Entrar na Arena Palmeiras e ver aquele belíssimo estádio com mais de 30 mil pessoas, foi uma sensação única. A primeira coisa que veio a minha cabeça foi a de que estava vivendo algo que só via pela TV. Quando me dei por conta, estava dentro de campo e pronto para trabalhar em um jogo de futebol envolvendo um clube grande, onde atletas como Zé Roberto, Arouca, Fernando Prass, entre outros, iriam atuar. Foi como um sonho de criança realizado. Apesar de não estar jogando, estava trabalhando e vivendo a sensação de estar dentro de campo – conclui.

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: