Início > Notícia > Grama sintética e linhas extras geram polêmica no Catarinense

Grama sintética e linhas extras geram polêmica no Catarinense

Mal o Catarinese começou, e o gramado do estádio Camilo Mussi, em Itajaí, a casa do Almirante Barrosso, recém-promovido à elite em Santa Catarina, já causa discussão entre clubes, jogadores e torcedores. A grama sintética de baixa qualidade e as marcações extras na cor amarela entraram em pauta logo após o empate em 2 a 2 entre o time da casa e o Joinville, pela primeira rodada.

gramado

A explicação para as linhas amarelas é que o clube aluga o campo durante a semana para peladas e jogos amadores. Além da questão estética, que cria dificuldades para jogadores e árbitros, a qualidade do gramado não é de alto padrão – ao contrário da Arena da Baixada, por exemplo, que também tem grama sintética. Após o empate em 2 a 2 neste domingo, o presidente do Joinville, Jony Stassun, explicou que uma reunião nesta segunda-feira vai debater entre os 10 participantes da primeira divisão do Catarinense se o Almirante Barroso deve mandar seus jogos em outro local.

– Aparentemente, pelo que nos foi comentado, parece que não teve acordo para que o Barroso  pudesse atuar no campo do Marcílio Dias. As marcações confundem os atletas, o bandeirinha também, no impedimento. Temos uma reunião na Associação de Clubes (SCClubes) e estamos conversando sobre isso. A partir do momento em que a Federação aprova, é lógico que os clubes têm que acatar e cumprir. Vamos ver isso e qual a avaliação dos outros clubes – disse o mandatário do JEC à rádio Máxima, de Joinville.

Aldair, autor de um gol e uma assistência do Joinville, preferiu não polemizar, mas confirmou que o estilo não agrada aos jogadores.

– Vamos dizer que atrapalha um pouco (a grama sintética). Não estamos acostumados com a marcação, mas o pior é o quique da bola, que fica muito rápida. Estamos acostumados com a grama de verdade, mas não é desculpa, atrapalha a gente e atrapalha eles também – falou ao fim  da partida.

O técnico do Joinville, Fabinho Santos, foi perguntado após a partida sobre qual é a sensação de jogar em gramado sintético. A resposta veio em apenas três palavras:

– Não é boa – resumiu.

Antes do início do Catarinense, a grama do estádio Camilo Mussi era discutida entre os clubes. O Almirante Barroso atuou, em 2016, em toda a Série B do estadual no estádio e com o gramado sintético desta forma – com as marcações amarelas (não perdeu nenhum jogo em casa). Para 2017, a Federação Catarinense de Futebol aprovou e liberou para que o clube atuasse nestas condições.

gramado2

De acordo com o presidente do Almirante Barroso, Adriano Cippriano, o clube aluga o gramado para partidas ao longo da semana quando não há treinamento da equipe principal. Desta forma, engorda o caixa do clube. Na festa de lançamento do campeonato, na última segunda-feira, o mandatário defendeu o patrimônio e explicou o motivo da escolha.

– Fizemos um investimento bem alto dentro de um planejamento, pois temos uma região onde é muito complicado por conta de chuvas para se manter os gramados. Não podemos nos comparar, financeiramente, a grandes clubes. Muito clubes do Brasil nem têm estádio para jogar. A gente teve essa preocupação. Na primeira rodada, no domingo, temos as linhas, mas estamos estudando algumas alternativas em relação à imagem. É uma forma de receita para o clube, temos que ter receitas. Estamos estudando outras formas, a princípio vamos jogar com o gramado sintético assim – afirmou Cipriano, na última semana, ao GloboEsporte.com.

Fonte: Globo Esporte

Anúncios
Categorias:Notícia
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: