Arquivo

Archive for maio \30\UTC 2018

Gandula impede gol, apanha e árbitro marca pênalti

Segundo Leonardo Gaciba, comentarista de arbitragem da TV Globo, decisão do juiz é erro de direito, que poderia levar à anulação da partida.

Raimundo Rodrigues Lima foi o protagonista do jogo entre Taboão da Serra e Desportivo Brasil, no dia 19 de maio, pelo Campeonato Paulista Sub-17. Ele foi decisivo para o time da casa ao impedir um gol do adversário. Mas Raimundo não é um goleiro munido de reflexos, um zagueiro certeiro ou um volante viril. É um gandula.

Aos 33 minutos do segundo tempo, quando a partida estava empatada por 1 a 1, Raimundo chutou a bola e atrapalhou um lance de ataque do Desportivo Brasil. Segundo a súmula do árbitro André Pereira Monteira, o gandula “foi expulso ao invadir o campo de jogo evitando o que seria um gol da equipe do Desportivo Brasil, chutando a bola que estava próximo a linha de meta”.

Foram oito minutos de confusão entre os dois times, e isso incluiu uma agressão a Raimundo. Segundo a súmula do jogo, João, zagueiro do Desportivo Brasil, “foi expulso por desferir um soco no olho esquerdo do gandula”. Na confusão, Kaíque Natan, do Taboão, também foi expulso – por chutar um adversário.

Diante da ação do gandula, interferindo na partida, o árbitro decidiu marcar pênalti. Decisão correta? Segundo o ex-árbitro Leonardo Gaciba, comentarista de arbitragem da TV Globo, não.

Gaciba lembra uma pegadinha da regra. É correta a marcação do pênalti quando um lance assim ocorre por interferência de alguém que não esteja em campo, mas conste na súmula – um médico ou massagista, por exemplo. Mas o gandula não aparece na súmula. Por isso, não deveria ter sido marcado pênalti.

E o que deveria ter sido marcado, então?

– Era bola ao chão. Se o gandula consegue impedir o gol, é bola ao chão. Se ele tenta e não consegue, se a bola entra mesmo assim, aí tem que manter o gol – explica Gaciba.

O equívoco, lembra Gaciba, é um erro de direito – quando o árbitro toma uma decisão que mostra desconhecimento da regra. Isso poderia levar o time prejudicado, o Desportivo, a pedir a anulação da partida. Mas o pedido deve ser feito até 48 horas depois da partida, e isso não aconteceu.

E não aconteceu porque o Desportivo conseguiu vencer o jogo. Matheus Chulapa converteu o pênalti e fechou o jogo em 2 a 1.

Punição

O gandula foi denunciado pelo TJD-SP e deveria ter sido julgado nesta segunda-feira, mas a sessão foi cancelada em função da grave dos caminhoneiros. O caso será analisado no dia 4 de junho. Raimundo foi denunciado nos artigos 258 e 258-B do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) – que falam sobre assumir conduta contrária à ética e à disciplina e invadir local reservado. A pena vai de 15 a 180 dias de suspensão.

Fonte: Globo Esporte

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:

Árbitro da Copa é banido por manipulação de resultados

Escalado com um dos 36 juízes do Mundial, Fahad Al-Mirdasi é punido por toda a vida. Participação na Copa fica à critério da Fifa, que ainda não se pronunciou.

Dirigentes da Federação da Arábia Saudita (SAFF) baniram o árbitro Fahad Al-Mirdasi do futebol pelo resto da vida, dois meses após ele ser anunciado como um dos 36 juízes escalados para apitar os 64 jogos da competição. A Fifa ainda não se posicionou diante da punição, mas a “Reuters” disse que a SAFF solicitou a sua retirada do Mundial da Rússia. O juiz admitiu ter feito uma oferta para interferir no resultado da final da Copa do Rei da Arábia no último sábado e está detido pela polícia local.

– Na noite de 11 de maio de 2018, Al Mirdasi procurou por mensagem de texto um funcionário ligado a um dos finalistas e solicitou dinheiro corrupto em troca de ajuda na decisão. Al Mirdasi está atualmente sob custódia da polícia, tendo confessado a solicitação pelo pagamento corrupto. A polícia apreendeu seu celular quando ele foi preso – disse a SAFF em um comunicado emitido nesta segunda-feira.

Sob suspeita, ele já tinha sido afastado da decisão da final da Copa do Rei, entre Al-Ittihad e Al-Faisaly, no último sábado. A Fifa divulgou a lista oficial de árbitros que trabalharão na Copa do Mundo em março, com 36 juízes principais e 63 assistentes de 46 países diferentes. Entre eles, 16 asiáticos, seis deles árbitros: Alireza Faghani (Irã) Ravshan Irmatov (Uzbequistão) Mohammed Mohamed (Emirados Árabes) Ryuji Sato (Japão) Nawaf Shukralla (Bahrein), além de Fahad Al-Mirdasi.

Fonte: Globo Esporte

Categorias:Notícia Tags:,

Conheça os grandes árbitros do futebol brasileiro

Recentemente, foi lançado nas redes sociais a página dos “Grandes Árbitros do Futebol Brasileiro”.

A iniciativa tem por objetivo dar destaque àqueles que são considerados os grandes profissionais do apito no país, principalmente aos que tiveram projeção internacional na carreira.

Lançado no dia 3 de maio deste ano, dia em que, há 116 anos atrás, foi realizada a primeira partida oficial de futebol no Brasil, em São Paulo, entre Mackenzie e Germânia, pelo primeiro Campeonato Paulista, da Liga Paulista de Foot-Ball (LPF). O árbitro do jogo foi Antonio Casimiro da Costa, considerado o primeiro árbitro por aqui.

casimiro

A cada dia, um novo árbitro é homenageado nas páginas do Instagram e do Facebook.

Para acompanhar, siga o perfil nas redes sociais ou visite o website:

http://www.instagram.com/grandesarbitros

http://www.facebook.com/grandesarbitros

http://www.twitter.com/grandesarbitros

http://www.grandesarbitros.com.br

Uma grande iniciativa para os árbitros de futebol.

Categorias:Geral

Árbitro que agrediu brasileiro é eleito o melhor do Campeonato Francês

Votos de colegas de arbitragem elegem Tony Chapron, atualmente suspenso, segundo “Le Parisien”.

Vocês se lembram do juiz que causou polêmica ao agredir com um chute um jogador brasileiro do Nantes na França em janeiro deste ano – e que inclusive foi suspenso pelo ocorrido? Pois bem, ele acaba de ser eleito o melhor árbitro do Campeonato Francês na temporada 2017/18. As informações são do jornal “Le Parisien”.

Organizada pela SAFE, que é a associação de arbitragem do país, a eleição recolhe votos de todos os árbitros da primeira e segunda divisões. De acordo com a notícia, Chapron teria sido eleito com 31% – uma premiação inédita na carreira do profissional de 46 anos.

O resultado da votação será divulgado no dia 13 de maio durante a cerimônia de premiação dos melhores da Ligue 1 e Ligue 2. No entanto, a direção técnica de arbitragem (uma espécie de pasta da arbitragem de futebol no governo da França) estaria disposta a cancelar os votos temendo uma repercussão negativa.

Tony Chapron está atualmente suspenso das atividades de árbitro. A última partida em que trabalhou foi justamente na vitória do Paris Saint-Germain por 1 a 0 sobre o Nantes. Na ocasião, ele se desentendeu e acertou um chute no zagueiro brasileiro Diego Carlos aos 46 minutos do segundo tempo. Como se não bastasse, ainda expulsou o jogador.

Fonte: Globo Esporte

Categorias:Notícia

Primeiro árbitro do Brasil

Antonio Casimiro da Costa foi o primeiro árbitro do Brasil.

No dia 3 de maio de 1902, há exatos 116 anos, ele apitou a primeira partida oficial do país, Mackenzie 1 x 2 Germânia, no campo do Parque da Antártica Paulista (atual estádio do Palmeiras), válida pelo Campeonato Paulista.

Junto com Charles Miller, ele foi o idealizador e fundador da Liga Paulista de Foot-Ball, em 19 de dezembro de 1901.

Quer saber mais sobre os Grandes Árbitros do Futebol Brasileiro? Siga o Instagram e o Facebook da página!

http://www.instagram.com/grandesarbitros

http://www.facebook.com/grandesarbitros/

http://www.grandesarbitros.com.br

#grandesarbitros

Categorias:Notícia Tags:, ,

Jogadores espancam árbitro na Etiópia

Partida entre Mekelakeya e Wolwalo Adigrat University é encerrada aos 39 minutos do segundo tempo depois de atletas do Wolwalo partirem para cima do juiz.

Uma cena bizarra marcou a partida entre Mekelakeya e Wolwalo Adigrat University, pelo Campeonato Etíope, nesta segunda-feira. A partida estava empatada por 1 a 1, quando os donos da casa, o Mekelakeya, marcaram o segundo gol. Na dúvida se a bola havia ou não passado da linha, o árbitro Eyassu Gente não hesitou em validar o gol. Instantaneamente, os jogadores do Wolwalo partiram para cima do juiz.

Começou uma perseguição em massa. Eyassu rumou para a pista de atletismo do estádio, arrancou a bandeirinha de escanteio e tentou se proteger. Mas era quase impossível. Praticamente todo o time do Wolwalo agredia o árbitro que, depois da intervenção de alguns funcionários e membros da equipe mandante, conseguiu se desvencilhar da confusão.

A partida, claro, foi encerrada. Com o placar de 2 a 1 para o Mekelakeya.

Fonte: Globo Esporte

Categorias:Notícia Tags:,

FIFA convoca árbitros de vídeo para a Copa 2018

O brasileiro Wilton Pereira Sampaio da Federação Goiana de Futebol é um dos três representantes sul-americanos na relação que tem um da Ásia e nove da Europa.

A FIFA divulgou na manhã desta segunda-feira a lista de 13 árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês para “Video Assistant Referee”) com um brasileiro: Wilton Pereira Sampaio. O juiz da Federação Goiana de futebol é do quadro da entidade há cinco anos e vai compor o grupo com mais dois representantes sul-americanos da Conmebol, um asiático da AFC e nove europeus da Uefa.

AFC (Associação Asiática de Futebol)

  • Abdulrahman Al Jassim, do Catar

Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol)

  • Mauro Vigliano (Argentina)
  • Gery Vargas (Bolívia)
  • Wilton Sampaio (Brasil)

UEFA

  • Bastian Dankert (Alemanha)
  • Felix Zwayer (Alemanha)
  • Danny Makkelie (Holanda)
  • Daniele Orsato (Itália)
  • Massimiliano Irrati (Itália)
  • Paolo Valeri (Itália)
  • Pawel Gil (Polônia)
  • Artur Dias Soares (Portugal)
  • Tiago Bruno Lopes Martins (Portugal)

No comunicado, a FIFA explica que o critério de seleção foi baseado prioritariamente na experiência dos árbitros na função em suas respectivas confederações e na bem sucedida participação em diversos seminários e torneios promovidos pela entidade. Os 13 desempenharão diferentes funções no processo de arbitragem com o auxílio de vídeo.

Além dos que aparecem na lista, alguns dos outros 36 árbitros e 63 assistentes confirmados no último dia 29 de março também poderão ser escalados no VAR.

Fonte: SporTV

%d blogueiros gostam disto: