Arquivo

Archive for junho \12\UTC 2018

Ganhe uma camisa da Seleção Brasileira – promoção!

Todos que comprarem o livro “Grandes Árbitros do Futebol Brasileiro” concorrerão a uma camisa oficial da Seleção Brasileira para torcer nesta Copa. Corra e garanta já o seu cupom!

Para comprar o livro acesse: https://loja.grandesarbitros.com.br

Para mais informações, visite o site: www.grandesarbitros.com.br e as redes sociais: @grandesarbitros

Anúncios
Categorias:Notícia

Árbitro argentino supera brasileiro e vai apitar abertura da Copa 2018

Néstor Pitana será o juiz encarregado de Rússia e Arábia Saudita, na quinta (14).

O argentino Néstor Pitana, 42, será o árbitro da partida de abertura da Copa do Mundo, entre Rússia e Arábia Saudita que acontece nesta quinta-feira (12) no estádio Lujniki, em Moscou. O jogo terá início às 12h (de Brasília). Pitana terá como assistente os compatriotas Juan Pablo Belatti e Hernán Maidana.

O brasileiro Sandro Meira Ricci trabalhará como quarto árbitro. Ele era cotado para ser o juiz da abertura e foi levado pela FIFA para uma entrevista coletiva nesta terça-feira (12).

O Brasil nunca teve um árbitro no primeiro jogo da Copa. Só em finais: Arnaldo Cézar Coelho apitou em 1982 e Romualdo Arppi Filho em 1986.

Natural da província de Misiones, Pitana vai à sua segunda Copa do Mundo. Ele também trabalhou na Copa do Mundo no Brasil, em 2014, onde atuou em quatro partidas. Seu último jogo foi nas quartas de final, quando a Alemanha venceu a França por 1 a 0.

O argentino teve pequenas atuações como ator em sua juventude, tendo participado de um filme chamado “La Furia”, no qual interpretou um guarda numa prisão.

A FIFA também apontou o italiano Massimiliano Iratti como árbitro principal de vídeo (VAR). Ele trabalhará de uma sala montada dentro do IBC, o centro Internacional de transmissões localizado em Moscou.

Fonte: Folha de São Paulo

Categorias:Notícia Tags:, , ,

Ex-árbitro lança livro sobre arbitragem

O ex-árbitro paulista, Daniel Destro, vai lançar no dia de hoje (sexta-feira, 8 de junho) o livro “Grandes Árbitros do Futebol Brasileiro”.

O livro  conta a história da criação e desenvolvimento do futebol com relação às regras do futebol e a arbitragem, além de trazer curiosidades como a história dos apitos, da criação dos cartões, uniformes e informações sobre a própria regra do jogo. Além disso, o autor biografou 50 grandes árbitros da história brasileira.

É um livro completo, são 300 páginas cheia de novidades e informações interessantes, não apenas aos árbitros de futebol, mas a todos que gostam de futebol.

– A ideia por trás do livro foi trazer ao público parte da história do futebol para que compreendam melhor as regras e como funciona a arbitragem. Também, claro, homenagear grandes árbitros do Brasil, deixando suas carreiras eternizadas no livro – comentou o autor.

Junto ao evento será realizado um debate sobre a arbitragem, o uso de tecnologias e o que esperar da Copa do Mundo. Participam do debate os convidados Sálvio Spínola (ex-árbitro Fifa e comentarista da ESPN), Zé Elias (ex-jogador e comentarista da ESPN), Regildênia Moura (árbitra Fifa), Ednilson Corona (ex-árbitro assistente Fifa que participou da Copa do Mundo de 2006) e o mediador do debate, o jornalista da ESPN, Celso Unzelte. Um timaço de primeira.

O evento é gratuito e ocorrerá no Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu, a partir das 19 horas. Entrada gratuita.

Exemplares do livro “Grandes Árbitros do Futebol Brasileiro” estarão à venda no local por 40 reais. Ou poderá ser comprado pela internet no site: https://loja.grandesarbitros.com.br/

Compareça!

Categorias:Notícia

Ataque de marimbondos paralisa jogo da Série D

Altos e Nacional-AM interrompem duelo por seis minutos após invasão de insetos. Jogadores e juiz deitam no chão para fugir de enxame: “Todo mundo se abaixou. A gente vai esperar ser esporado?”.

Os jogadores de Altos e Nacional-AM passaram por um perrengue no confronto de ida do mata-mata da segunda fase da Série D. Nos minutos inicias da vitória do Jacaré por 3 a 0, no domingo, as equipes foram surpreendidas por um ataque de marimbondos no meio do gramado do estádio Felipão, a cerca de 40km de Teresina.

Para fugir do enxame, jogadores e juiz precisaram deitar no campo. A partida ficou paralisada por seis minutos.

A partida estava com apenas 26 minutos de bola rolando no primeiro tempo quando todos foram surpreendidos. A estratégia utilizada pelos jogadores para fugir dos insetos também foi utilizada pelo árbitro paulista Adriano de Assis Miranda, que relatou a saia-justa na súmula da partida.

– Informo que durante a paralisação para hidratação dos atletas no primeiro tempo, houve uma invasão de marimbondos no campo de jogo, onde tivemos que nos proteger deitando no campo atletas e equipe de arbitragem – descreveu o juiz.

Após a paralisação de seis minutos, o Altos cresceu na partida e goleou Nacional-AM. O clube do Piauí abriu o placar com Leone e ampliou com Manoel e Vitor Bafana em três jogadas de escanteio.

A boa vantagem construída dá direito ao Jacaré de perder por até dois gols de diferença na partida de volta, domingo, em Manaus. Caso o clube do Amazonas vença e iguale o placar agregado, o classificado às oitavas de final será conhecido nas cobranças de pênaltis.

Fonte: Globo Esporte

Categorias:Notícia
%d blogueiros gostam disto: