Inicial > Geral > IFAB explica tiro de meta polêmico em jogo entre Benfica e Milan

IFAB explica tiro de meta polêmico em jogo entre Benfica e Milan

As Regras do Jogo do futebol sofreram importantes modificações esta temporada e muita coisa mudou. Algumas dessas mudanças ainda causam confusão e dúvidas no meio da arbitragem e da mídia.

Por isso, o Refnews falou com a principal fonte no assunto para entender melhor o polêmico lance de tiro de meta que ocorreu no jogo amistoso entre Benfica e Milan.

No lance, o goleiro Vlachodimos do Benfica dá uma cavadinha na bola na cobrança do tiro de meta, e seu defensor cabeceia de volta ao goleiro, que pega com as mãos e sai jogando. Muitos agora debatem sobre a legalidade do lance, se é uma burla ou se a nova lei permite tal artefato.

Veja o vídeo:

O IFAB é a entidade responsável por manter as regras do futebol e atualizá-las. A partir de 1 de julho as novas mudanças entraram em vigor em todo o mundo e, logo de cara, o lance provocou enorme discussão. Vale lembrar que o Brasil foi o primeiro país a adotar as mudanças, de forma antecipada, com o início do Campeonato Brasileiro.

O ex-árbitro Daniel Destro, que traduziu as regras de 2017/2018 para a CBF, conversou esta manhã com David Elleray, diretor técnico do IFAB, sobre a situação em questão.

David esclareceu que o lance é totalmente legal e permitido pelas novas regras, com o intuito de acelarar o reinício de jogo.

– Esse lance é perfeitamento legal e era um dos objetivos desejados com as mudanças nas regras para agilizar a cobrança do tiro de meta – disse Elleray.

Segundo David, a ideia de permitir tal ação deliberada é dar agilidade ao jogo, da mesma maneira quando um jogador cobra um lateral permitido no corpo de um adversário com o intuito de jogar rapidamente a bola.

O debate e a polêmica no Brasil tem sido enorme. As conversas em aplicativos de bate papo online tem gerado muita discordância e opiniões diferentes, inclusive entre grandes nomes da arbitragem e pessoas ligadas à CBF. Não há um consenso.

Fato é que a IFAB terá que se pronunciar oficialmente para esclarecer o assunto.

Categorias:Geral
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: