Arquivo

Archive for the ‘Geral’ Category

Claus, Manis e Gil são eleitos os melhores da arbitragem do Brasileirão 2018

A Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol, em sua constante inciativa de desenvolvimento e aperfeiçoamento do quadro nacional de árbitros, projetou o sistema RADAR – relatório de análise e desempenho da arbitragem. A partir deste sistema, a entidade foi capaz de avaliar a performance da arbitragem em todas as partidas do Brasileirão 2018 de uma maneira mais analítica e científica, produzindo dados objetivos. Ao final do estudo, o árbitro Raphael Claus (SP/FIFA) e os assistentes Danilo Ricardo Simón Manis (SP/FIFA) e Kléber Lúcio Gil (SC/FIFA) formaram o trio mais bem avaliado.

— Foi um ano bom, eu acho que a gente passou ileso, tanto eu quanto minha equipe toda, meu sexteto. E também não só na Série A, tivemos jogos importantes na Série B, na Série C e na Série D, onde a gente pode ter o privilégio de trabalhar nas quartas de final, que definiram os acessos . Então acho que foi um saldo muito positivo, a gente conseguiu legitimar todos os resultados e sair com a consciência tranquila – disse o árbitro Raphael Claus.

Os profissionais da arbitragem foram observados em atividade por analistas de campo e vídeo. Todos os integrantes do quadro nacional de arbitragem foram treinados pela Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF) para utilizar o sistema oferecido pela CBF. A proposta deste método de análise se alinha à realidade da arbitragem de destacar de maneira objetiva os lances e incidentes marcados nas partidas sem abandonar a importância do “fator campo”. Após compiladas as avaliações presenciais e em vídeo, o dossiê é a trabalhado pela Comissão de Arbitragem que, em parceria com a ENAF, produz um terceiro relatório para chegar ao resultado oficial.

Critérios como a marcação de infrações faltosas, impedimentos e cartões são alguns dos componentes tratados pelo sistema RADAR e variáveis determinantes para a definição do resultado final. Somam-se a isso avaliações do aspecto comportamental da arbitragem perante os jogadores e quanto à conjuntura envolvida no confronto. Através de uma sistemática análise de erros e acertos, a ferramenta produz uma mensuração abrangente de todo o pilar técnico da arbitragem brasileira.

Para determinar o trio de arbitragem premiado foram levados ainda critérios específicos como: número de partidas, média de escalas, interferência em jogos e número de vezes entre os melhores do ranking por rodada. Confira o número dos premiados nesta temporada.   

Melhores do
Brasileirão 2018
Número de escalações Presença no ranking da rodada*Valor da premiação 
Árbitro: Raphael Claus (SP/FIFA) 23 jogos 14 vezes entre as três melhores equipes  R$ 200.000
Assistente: Danilo Ricardo Simón Manis (SP/FIFA)  27 jogos 16 vezes entre as três melhores equipes  R$ 100.000
Assistente: Kléber Lúcio Gil (SC/FIFA) 18 jogos 8 vezes entre as três melhores equipes R$ 100.000

O Prêmio Brasileirão é a cerimônia de entrega de troféus aos melhores do campeonato. No masculino, a eleição online é realizada com cerca de 10 mil profissionais de imprensa, capitães e treinadores dos 20 clubes, além de jogadores e comissão técnica da Seleção Brasileira. São 11 troféus para os atletas mais votados por posição, melhor técnico, artilheiro, revelação, craque do Brasileirão, craque da galera (escolha pelo Globoesporte.com), gol mais bonito (apontado pelos torcedores pelo Facebook da CBF), fair play, melhor árbitro e dois assistentes.

Neste ano, o Brasileiro Feminino A-1 também premiará as 11 jogadoras do time ideal, melhor treinador ou treinadora, artilheira, craque, revelação e fair play. Também está prevista a categoria Não é Só Futebol, que será destinada a uma atitude que transcende o campo de jogo, e uma grande homenagem da noite a um ídolo do futebol.

Fonte: CBF

Anúncios
Categorias:Geral

Trio de arbitragem brasileiro é confirmado na Copa do Mundo Feminina

Edina Alves Batista, Neuza Back e Tatiane Sacilotti formam equipe que irá representar o Brasil em 2019, na França.

Na última segunda-feira (3), a FIFA divulgou os nomes das 27 árbitras e das 48 bandeirinhas que irão para a França na Copa do Mundo de futebol feminino. Disputada no segundo semestre de 2019, serão ao todo, 42 países representados, com 24 seleções. E o Brasil, além de representado pela Seleção, terá um trio nacional de arbitragem comandado por Edina Alves Batista, que contará com o auxílio das compatriotas Neuza Back e Tatiane Sacilotti. A árbitra paranaense, Edna Batista também já teve experiências no futebol masculino. Em 2017, ela apitou uma partida entre Figueirense e Paysandu na Série B do Campeonato Brasileiro.

Com um currículo cheio de experiências, as árbitras selecionadas para a Copa do Mundo Feminina da FIFA já apitaram importantes competições do futebol, como a Copa do Mundo Feminina Sub-17 da FIFA Jordânia 2016 e Uruguai 2018, e também a FIFA sub-20, Copa do Mundo Feminina em Papua Nova Guiné em 2016 e neste verão na Bretanha, França. A preparação para a Copa começou lá atrás, em 2015, quando a FIFA iniciou o projeto de arbitragem de mulheres da Road to France 2019. 

As escolhidas irão participar de uma série de seminários preparatórios, onde instrutores de arbitragem da FIFA irão observar e fornecer orientação até o início da competição da França, em 2019 . A Copa será disputada de 7 de junho a 7 de julho em Grenoble, Le Havre, Lyon, Montpellier, Nice, Paris, Reims, Rennes e Valenciennes. A final terá lugar em Lyon no domingo, 7 de julho de 2019.

Fonte: CBF

Categorias:Geral

Catarinense Bráulio Machado é o mais novo árbitro FIFA

Bráulio da Silva Machado é o mais novo integrante do quadro de arbitragem da FIFA. O catarinense ocupou a vaga deixada por Sandro Meira Ricci, que aposentou após a Copa do Mundo da Rússia, este ano.

Bráulio Machado tem 39 anos, e era aspirante FIFA desde 2015. Ele é conhecido por ter sido o primeiro árbitro brasileiro a apitar com o uso do VAR, no jogo entre Chapecoense x Figueirense. Apitou algumas finais do Campeonato Catarinense, além da final da Copa da Primeira Liga entre Atlético Mineiro e Londrina.

Categorias:Geral

Árbitro sinaliza impedimento com tiro de metralhadora no Iêmen

No lugar de um apito, árbitro usou um fuzil AK-47 para marcar um impedimento.

O Iêmen, país que fica no Oriente Médio, se encontra em uma profunda guerra civil, desde 2014. Acostumados com as armas, seus habitantes sofrem em uma tremenda crise econômica e humanitária, fruto dos conflitos armados da região.

Mesmo assim, uma cena surreal, beirando o absurdo, chamou a atenção de todo o mundo. Um grupo de jovens batia uma bola em uma região árida do país, e o atento árbitro, usando vestes típicas da região e portanto um fuzil de guerra Kalashnikov, acompanhava tudo de perto, enquanto alguém filmava a pelada.

No momento de um suposto impedimento, o árbitro empunhou sua arma e atirou para o alto para assinalar a infração. Certamente o impacto foi maior do que o silvo de um apito, que estamos mais acostumados. Mesmo assim, os jogadores deram risada e continuaram a partida normalmente.

Categorias:Geral

Árbitro holandês soube do falecimento de sua mãe minutos antes de jogo que apitou

Ovidiu Hategan foi o árbitro do empate por 2 a 2 entre Holanda e Alemanha, pela Liga das Nações, na última segunda-feira (19). Ao fim da partida, o zagueiro holandês Van Dijk foi cumprimentá-lo e depois o abraçou, dizendo algumas palavras, enquanto o árbitro chorava.

Após o acontecido, o zagueiro do Liverpool explicou o porquê das lágrimas do romeno. Relatou que, pouco antes do jogo começar, o árbitro havia recebido a notícia da morte de sua mãe.

“Aquele homem não aguentou, ficou com lágrimas em seus olhos porque tinha acabado de perder a mãe. Eu lhe desejei força e disse que ele havia feito uma boa arbitragem. É algo pequeno, mas espero que tenha ajudado”, afirmou o jogador.

Van Dijk foi o protagonista daquela noite. Recebeu um bilhete durante a partida que chamou a atenção de todos, fez o gol que classificou a Holanda para a próxima fase da Liga das Nações nos acréscimos e teve o ato solidário com Hategan. 

Fonte: UOL Esporte

Categorias:Geral

Arnaldo Cézar Coelho se despede como comentarista na TV

Arnaldo Cézar Coelho se despediu pela última vez da TV Globo nesta terça-feira. Na vitória do Brasil sobre Camarões, por 1 a 0, o comentarista de arbitragem mais famoso da televisão colocou ponto final em sua história na dupla com Galvão Bueno. E a emoção marcou esse último ato.

Desde o começo da transmissão, Galvão deixou claro que seria uma tarde especial ao lado de seu amigo. Foi assim que ambos foram às lágrimas depois de um VT contar a trajetória do comentarista de arbitragem. Restou a Casagrande e Júnior segurarem o ao vivo.

“Para mim, é um privilégio ter trabalhado com o Arnaldo e ser amigo. Sou fã do Arnaldo como pessoa, como profissional, e sou admirador da família que o Arnaldo tem. O Arnaldo sempre vai ser um companheiro”, disse Casagrande.

“Eu vou ligar para ele no meio da transmissão para dizer: ‘Pode isso, Arnaldo?’. Quero ver o que ele vai dizer”, brincou Galvão, ainda emocionado.

Como se tornou tradição na dupla, Galvão brincou o tempo todo com o companheiro. Antes de se emocionar, ele havia chamado Arnaldo para falar sobre novela: “um dos maiores noveleiros que conheço”.

O show do intervalo do jogo foi reservado também para falar de Arnaldo mais uma vez. Agora, a Globo exibiu um dia de repórter do ex-árbitro, na Copa de 1990, fazendo trapalhadas pelas ruas da Itália.

Durante o jogo, Galvão chamou Arnaldo diversas vezes e nem sempre para comentar a arbitragem. Um desses momentos, o narrador abriu o microfone para o comentarista comentar o jogo fraco. “Você merecia um jogo mais animado na sua despedida”.

Nos minutos finais, sem tempo para uma despedida longa após a partida, Galvão pediu para Arnaldo fazer uma homenagem. Armando Marques, ex-árbitro, foi o escolhido.

Para colocar ponto final na transmissão, sem voltar para o estúdio, Galvão mais uma vez agradeceu os anos de parceria com Arnaldo.

“Arnaldo Cezar Coelho, uma vez me pediram para fazer uma frase para definir minha vida. Eu disse ‘Obrigado, Copa de 1994, muito obrigado por ter cruzado minha vida’. Hoje, eu digo, no finalzinho: Arnaldo, obrigado por ter estado ao meu lado nesses 29 anos. Obrigado mesmo. Vá com Deus, e que Deus te abençoe sempre você e sua família”, concluiu o narrador

Fonte: UOL

Categorias:Geral

Árbitro é espancado por treinador de escolinha de futebol

A agressão aconteceu na tarde desse sábado (17). O árbitro foi levado para o hospital São Lucas e o técnico autuado por lesão corporal grave e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

Um árbitro foi agredido pelo técnico de uma escola de futebol durante um campeonato com crianças menores de 12 anos, na tarde desse sábado (17), em Vitória. Após as agressões, ele foi socorrido pelos pais dos jogadores e levado para o Hospital São Lucas. O técnico foi autuado por lesão corporal grave e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

De acordo com o relato do árbitro Jeferson Nunes Vieira, de 31 anos, que esteve na tarde deste domingo (18) do Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para fazer exame de corpo de delito, a agressão aconteceu porque o técnico discordou de uma falta que ele não marcou e outra que marcou.

Por isso, o técnico invadiu o campo de começou a agredir o árbitro. Mesmo depois de inconsciente, ele continuou o chutando.

“Ele entrou no meio do campo com as crianças me agredindo verbalmente e depois com socos e chutes. Eu tive um edema na perna e luxação também na perna, quadril e rosto. É a primeira vez que acontece isso comigo, estou transtornado pelo que aconteceu, nunca pensei em passar por isso”, declarou Jeferson.

Em um vídeo gravado pelos pais, é possível ver o momento que o treinador é levado pela Guarda Municipal de Vitória e o árbitro por uma equipe médica.

A Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) informou que o treinador passou por uma audiência de custódia e continua preso no Centro de Triagem de Viana.

A reportagem do G1 tentou contato com o treinador, mas foi informada que ele não estava no momento.

Fonte: G1 / Globo.com

Categorias:Geral
%d blogueiros gostam disto: