Arquivo

Posts Tagged ‘Claus’

CBF Social lança “Apitinho de Ouro” em São Paulo

28/03/2017 1 comentário

“Posso ser árbitro?”. O peculiar pedido da criança na atividade com bola retrata o sucesso do lançamento do “Apitinho de Ouro”. Ação inédita no Brasil, o projeto incluído no CBF Social em São Paulo não só disseminou o trabalho da arbitragem como despertou o interesses dos 70 meninos, de 7 a 14 anos, que participaram das atividades, nesta segunda-feira (27), na Escola de Futebol da Aclimação.

Idealizador do “Apitinho de Ouro”, José Roberto Wright, ex-árbitro e membro da Comissão Independente de Arbitragem, conduziu o encontro com o árbitro da FIFA Raphael Claus e Márcio Verri Brandão, assistente da ENAF. De forma lúdica e simplicidade, os três profissionais transmitiram conhecimentos básicos sobre a arbitragem no futebol.

– Sempre fui uma pessoa dedicada à arbitragem e sentia uma necessidade de renovação. Não necessariamente da criança virar um árbitro de futebol, mas de aprender, ter gosto, como jogam uma pelada de futebol. O essencial é que eles aprenderam e gostaram. O lançamento do Apitinho de Ouro foi ótimo. Muito bem organizado. O CBF Social é um sucesso absoluto e o Apitinho é uma soma nesse sucesso já existente – analisou Wright.

Representante de São Paulo no quadro da FIFA, Raphael Claus se mostrou entusiasmado ao final da experiência. Surpreso com o nível de conhecimento e interesse dos participantes, o árbitro elogiou a primeira edição do Apitinho de Ouro.

– É muito gratificante. Estou muito feliz de ver o conhecimento de alguns garotos. O Apitinho de ouro é um projeto fantástico da CBF e com certeza vamos conhecer frutos disso. Isso tudo é fantástico. O futebol me deu tudo na vida. O que eu puder dar de retorno para o futebol, ficarei muito feliz – afirmou Raphael Claus.

Ao fim da manhã, além da experiência única adquirida, cada um dos participantes recebeu um apito e cartões de presente.

Fonte: CBF

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:, , ,

Trio paulista é eleito o melhor da arbitragem do Brasileirão 2016

melhores-2016-cbf

Na noite de ontem (12) foi realizada a festa na sede da CBF de encerramento do Brasileirão 2016, premiando os melhores do torneio escolhidos por cerca de mil jornalistas que votaram. O craque deste ano foi o atacante Gabriel Jesus do Palmeiras, enquanto a revelação foi Vitor Bueno do Santos Futebol Clube.

A seleção escolhida do campeonato foi a seguinte: Jaílson (Palmeiras); Jean (Palmeiras), Pedro Geromel (Grêmio), Yerri Mina (Palmeiras) e Jorge (Flamengo); Tchê Tchê (Palmeiras), Moisés (Palmeiras), Diego (Flamengo) e Dudu (Palmeiras); Robinho (Atlético-MG) e Gabriel Jesus (Palmeiras).

Durante a premiação, o melhor trio de árbitros do Brasileirão foi anunciado: Raphael Claus e os assistentes Marcelo Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo. Todos são integrantes do quadro da Federação Paulista de Futebol.

Na segunda posição ficou o trio catarinense composto por Bráulio da Silva Machado (Aspirante Fifa), Neuza Inês Back e Alex dos Santos. Completando o pódio com dos 3 melhores trios, que tem direito a prêmio, veio outro trio paulista com Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Márcia Bezerra Caetano e Alex Ang Ribeiro.

As melhores equipes de arbitragem receberão um total de R$ 500 mil em premiação, sendo R$ 300 mil, R$ 150 mil e R$ 50 mil para os três primeiros trios, respectivamente.

O ranking para a premiação dos árbitros é elaborado da seguinte forma: após todos os jogos, um analista de campo e um analista de vídeo dão uma nota para o trio de arbitragem. As notas são processadas por um Comitê formado pelos ex-árbitros Vitor Pereira (português, que apitou em Copas do Mundo), José Roberto Wright e Cláudio Cerdeira. Esse comitê referenda ou reforma as notas dadas pelos analistas.

Com base nessas notas é elaborado o ranking nacional da arbitragem – que em 2016 termina com o trio paulista na liderança.

Confira o ranking com os 10 melhores trios do Brasileirão 2016:

ranking-cbf-2016

melhores-cbf-2016

Trio paulista comanda a final da Copa do Brasil 2014

luiz-flavio-de-oliveiraEm sorteio realizado no dia de hoje, a CBF definiu a arbitragem do jogo final da Copa do Brasil 2014, disputada entre Cruzeiro e Atlético-MG, clássico regional mais que tradicional no futebol. o Atlético venceu a primeira partida por 2 a 0 e leva a vantagem do empate no próximo jogo.

Foram selecionados 5 árbitros para apitar a decisão: Anderson Daronco (RS), Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS), Luis Flávio de Oliveira (SP), Raphael Claus (SP) e Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO). Deste, atualmente 2 são do quadro internacional da FIFA, e os outros 3 foram agraciados com o escudo para a temporada de 2015.

Porém, a sorte ficou com o paulista Luis Flávio, que será assistido pelos bandeiras Marcelo Van Gasse (FIFA/SP) e Emerson Carvalho (FIFA/SP), que atuaram na Copa do Mundo 2014 no Brasil. Os árbitros assistentes adicionais serão Ricardo Marques (FIFA/MG) e Paulo Bezerra (SC). O quarto árbitro será o gaúcho Anderson Daronco, o assistente reserva será Guilherme Dias Camilo (MG), o assessor de arbitragem será o mineiro Alicio Pena e o delegado será o paulista Nilson de Souza Monção.

Confira o vídeo do sorteio:

CBF divulga lista de árbitros FIFA para 2015

30/10/2014 1 comentário


1617539_full-lnd

No último dia 26, a Comissão de Arbitragem da CBF encaminhou à FIFA a nova relação de árbitros e assistentes para a lista FIFA de 2015, para os grupos masculino e feminino.

As escolhas foram feitas após reuniões realizadas com instrutores, componentes dos órgãos da arbitragem da CBF (CA, ENAF e Corregedoria) e com base na análise do desempenho e a possibilidade de participação em competições internacionais futuras.

Os árbitros que participaram da Copa do Mundo 2014 foram mantidos, inclusive pelo belo desempenho na temporada (Sandro Ricci, Emerson Carvalho e Marcelo Van Gasse). Além destes, também foram mantidos os que participaram do processo da Copa do Mundo 2014 (Héber Lopes, Leandro Vuaden e Alessandro Rocha Matos); os pré-selecionados pela CONMEBOL (árbitros: Ricardo Marques e Wilton Sampaio e os assistentes: Kleber Gil, Bruno Boschilia, Cleriston Clay e Fabricio Vilarinho).

Entre os árbitros figuram 4 novos nomes, os paulistas Raphael Claus e Luis Flávio de Oliveira, além do gaúcho Anderson Daronco e Dewson Freitas.

Da lista atual de 2014, saíram os árbitros Marcelo de Lima Henrique (RJ), com 43 anos, Francisco Carlos do Nascimento (AL) e os recém aposentados da arbitragem Paulo César de Oliveira (SP) e Wilson Luiz Seneme (SP). Oliveira se tornou comentarista esportivo da TV Globo e Semene integra a Comissão de Arbitragem da Conmebol.

Os assistentes Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Márcio Santiago (RJ) também foram preteridos da nova lista.

Confira a nova lista completa.

ÁRBITROS FIFA:

  • Wilton Pereira Sampaio (GO)
  • Dewson Freitas (PA) – NOVO
  • Anderson Daronco (RS) – NOVO
  • Ricardo Marques Ribeiro (MG)
  • Raphael Claus (SP) – NOVO
  • Luiz Flávio de Oliveira (SP) – NOVO
  • Pericles Bassols Cortez (RJ)
  • Leandro Vuaden (RS)
  • Sandro Meira Ricci (PE)
  • Heber Roberto Lopes (SC)

ÁRBITROS ASSISTENTES FIFA:

  • Bruno Boschilia (PR)
  • Rodrigo Corrêa (RJ)
  • Guilherme Camilo (MG)
  • Fabrício Vilarinho (GO)
  • Cleriston Rios (SE)
  • Fábio Pereira (TO)
  • Kleber Gil (SC)
  • Alessandro Rocha Matos (BA)
  • Marcelo Van Gasse (SP)
  • Emerson Carvalho (SP)

ÁRBITRAS:

  • ANA VALENTIN
  • SIMONE SILVA
  • REGILDENIA MOURA

ÁRBITRAS ASSISTENTES:

  • NEUZA BACK
  • NADINE BASTOS
  • JANETTE ARCANJO
  • MARCIA CAETANO
Categorias:Notícia Tags:, , ,

STJD pune Petros por 6 meses por agressão a árbitro

Petros é punido por 6 meses; Comentarista da Globo foi usado na defesa.

O Corinthians levou Petros ao Rio de Janeiro para depor e usou até uma fala de Arnaldo Cézar Coelho, comentarista de arbitragem da Rede Globo para tentar defender o atleta, mas não conseguiu evitar um gancho pesado. Por apenas um voto (3 a 2), o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidiu punir o jogador com seis meses de suspensão pela agressão ao árbitro Raphael Claus, no clássico entre Santos e Corinthians, há pouco mais de uma semana.

petros1

“Estou me sentindo um criminoso, um assassino, um serial killer”, resumiu o jogador, acompanhado dos advogados do Corinthians, na saída do tribunal.

A decisão foi tomada em primeira instância pela 1ª Comissão Disciplinar do STJD e ainda cabe recurso. O relator do caso, um auditor e o presidente da sessão votaram pelo gancho de seis meses. Dois auditores chegaram a pedir enquadramento no artigo 258 e pena de quatro jogos, mas perderam a disputa. Se não conseguir reverter a decisão no pleno, Petros só poderá voltar a atuar em fevereiro do ano que vem.

“Não me pareceu involuntário a atitude do atleta. Fica bem claro que ele desvia a trajetória e vai em direção ao árbitro. Tudo porque estava aborrecido com ele. Não foi um simples empurrão”, diz o presidente da primeira comissão disciplinar, Paulo Valed Perry, que decidiu o julgamento quando a votação estava empatada.

O volante acompanhou os advogados do Corinthians e ouviu a sentença ao vivo, na sede do STJD. Em seu depoimento, Petros justificou que não teve intenção, que mudou sua direção ao chocar-se com o rival Alisson e até que não bateria com o braço esquerdo, já que é destro.

“Jamais agrediria a maior autoridade do campo de jogo. Nunca faria isso. Foi um encontrão, apenas isso”, disse Petros.

Os advogados do Corinthians ainda exibiram um vídeo do programa “Bem, Amigos”, do Sportv, em que Arnaldo Cézar Coelho dá sua opinião sobre o assunto. No trecho selecionado, o comentarista diz que Petros foi imprudente, mas que não teve intenção de agredir e, por isso, não deveria ter uma punição grave.

petros2

“Não importam os comentários dos jornalistas esportivos. A questão aqui é disciplinar. E o atleta teve, sim, uma conduta de agressão contra o árbitro. Esse corte deve punir o atleta exemplarmente. Se não o punirmos, vai banalizar. Não pode virar esse ‘vale tudo'”, disse o procurador do caso, Willian Figueiredo.

“Acredito que essa tenha sido a única opinião que contesta uma agressão. Li muito e quase todos entenderam que houve uma agressão”, disse Felipe Bevilacqua, relator do caso.

Tanto Figueiredo quanto Bevilacqua pediram pena de 180 dias para Petros.

O jogador foi parar no tribunal por dois segundos de destempero. Há pouco mais de uma semana, o volante perdeu a cabeça e se chocou contra o árbitro Raphael Claus, que apitava o clássico entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro.

O jogador corintiano não foi punido durante a partida, mas a imagem ganhou enorme repercussão e Petros foi acusado de agressão. Até Claus, ao rever o lance, mudou sua opinião inicial e entendeu que o jogador se chocou propositalmente.

O Corinthians e Petros defenderam a teoria de que não houve intenção e que, além disso, não se tratou de uma agressão. A intenção era livrá-lo de uma pena ou desqualificar o artigo no qual o volante foi denunciado. Se isso acontecesse, a pena poderia ao menos diminuir.

Categorias:Notícia Tags:,

Petros dá uma trombada em árbitro no clássico paulista

Jogador Petros, do Corinthians, atingiu o árbitro Raphael Claus no primeiro tempo do clássico entre Santos e Corinthians, na Vila Belmiro.

petros

O meia Petros será denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pelo empurrão dado no árbitro Raphael Claus durante o clássico Corinthians 1 a 0 Santos, domingo, na Vila Belmiro, válido pelo Campeonato Brasileiro.

O meia Petros admitiu que acertou o árbitro Raphael Claus pelas costas durante o primeiro tempo. O meia corintiano será denunciado pelo lance, mas fez questão de minimizar o ocorrido nesta segunda-feira.

“Eu trombei sim com o (árbitro Raphael) Claus, mas já em seguida a gente conversou durante o jogo e ele pode perceber que foi uma coisa normal. Esse tipo de atitude não condiz comigo e espero que isso seja resolvido o mais rápido possível”, disse Petros.

O procurador do STJD, Paulo Schmitt, informou que oferecerá denúncia ao Tribunal até o fim da semana. O jogador será denunciado no artigo 254-A (agressão ao árbitro), cuja pena mínima é de 180 dias. Na súmula entregue à CBF, o árbitro não citou o empurrão que levou do corintiano.

Veja o lance no video:

Categorias:Notícia Tags:, , ,

CBF promove novos nomes a Aspirante FIFA, Especial-2 e CBF-1

O presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Prof. Antonio Pereira da Silva, publicou no dia de hoje a lista com nomes de árbitros e árbitras promovidos às categorias de Aspirante FIFA, Especial-2 e CBF-1, além da relação atualizada da CBF e os nomes da lista internacional, válida a partir de 1º de maio de 2014.

novas_aspirantes_fifa_2014

Katiuscia, Tatiane e Fernanda – musas promovidas a Aspirantes FIFA.

Destaque para os nomes de Anderson Daronco (RS) e Raphael Claus (SP), que tem tido ótimas atuações recentemente, inclusive com Claus apitando a finalíssima do campeonato Paulista deste ano. Entre as mulheres, destaques para a árbitra Katiuscia da Mota Lima (SP) e as assistentes Tatiane Sacilotti Camargo (SP) e a Fernanda Colombo Uliana (SC).

Todos os árbitros receberão seus novos escudos para atuar nas competições.

escudos_cbf_fifa_2014

Em conformidade com as normas, os remanejamentos nas categorias de árbitros podem ser realizados em três datas, ou seja, até 31 de janeiro, até 1º de maio e/ou, até 1º de agosto de cada ano.

Confira no link a lista da CNA atualizada.

Veja abaixo a lista da promoção dos árbitros.

cbf_fifa_2014 cbf_fifa_fem_2014

%d blogueiros gostam disto: