Arquivo

Posts Tagged ‘Claus’

CBF divulga top 10 da arbitragem no Campeonato Brasileiro 2017

Para avaliar, melhorar e padronizar a arbitragem brasileira nos jogos do Brasileirão 2017, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol implementou nesta temporada um projeto pioneiro no mundo da bola: o RADAR – relatório de análise de desempenho da arbitragem. Durante toda a competição, o sistema analisou a atuação de todos os árbitros, assistentes e quartos árbitros de maneira mais científica e menos subjetiva. A opção por este método foi feita para atender à realidade da arbitragem, sem deixar escapar o fator campo, mas também relatando de maneira pontual cada lance marcado no decorrer da partida.

Os integrantes do quadro foram observados por analistas de campo e vídeo, treinados para a utilização da ferramenta em programa oferecido pela CBF e pela Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF) no início do ano. Dentro do sistema foram elencadas as possíveis ações da arbitragem no jogo como marcação de faltas, impedimentos e cartões. Além disso, questões de atitude perante aos jogadores e em relação ao contexto do confronto também são conceituadas. Alinhando teoria à estatística de erros e acertos foi possível mensurar, através do RADAR, toda a parte técnica da arbitragem. A partir daí, as análises são comparadas pela Comissão de Arbitragem que, juntamente com a ENAF, realiza um terceiro relatório para chegar a nota final de cada árbitro ou assistente. Para o ranking dos dez primeiros ainda foram levados em consideração: números de jogos, média de escalas, partidas com interferência, número de vezes entre os três melhores do ranking da rodada.

Confira o ranking:

ÁRBITROS
1. Raphael Claus
2. Ricardo Marques Ribeiro
3. Wilton Pereira Sampaio
4. Anderson Daronco
5. Marcelo Aparecido de R. de Souza
6. Marcelo de Lima Henrique
7. Sandro Meira Ricci
8. Rafael Traci
9. Dewson Fernando Freitas da Silva
10. Pericles Bassols Pegado Cortez

ASSISTENTES
1. Guilherme Dias Camilo
2. Bruno Raphael Pires
3. Leone Carvalho Rocha
4. Kleber Lucio Gil
5. Alex Ang Ribeiro
6. Rafael da Silva Alves
7. Marcelo Carvalho Van Gasse
8. Daniel Luis Marques
9. Bruno Boschilia
10. Anderson José de Moraes Coelho

QUARTOS ÁRBITROS
1. Marcio Soares Maciel
2. Alberto Poletto Masseira
3. Michael Stanislau
4. Carlos Henrique Alves de Lima Filho
5. Edson Antonio de Sousa
6. Fabio Rogerio Baesteiro
7. Rafael Trombeta
8. Ricardo Pavanelli Lanutto
9. Alex dos Santos
10. Vitor Carmona Metestaine

ASSISTENTES ADICIONAIS
1. Wanderson Alves de Sousa
2. Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
3. Fabio Filipus
4. Roger Goulart
5. Jonathan Benkenstein Pinheiro
6. José Claudio Rocha Filho
7. Osimar Moreira da Silva Junior
8. Marcio Henrique de Gois
9. Daniel Nobre Bins
10. Evandro Tiago Bender

Fonte: CBF

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:, , ,

CBF elege o melhor trio de arbitragem do Brasileiro 2017 com metodologia própria

07/12/2017 1 comentário

Para avaliar, melhorar e padronizar a arbitragem brasileira nos jogos do Brasileirão 2017, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol implementou nesta temporada um projeto pioneiro no mundo da bola: o RADAR – relatório de análise de desempenho da arbitragem. O sistema avaliou durante toda a competição a atuação dos árbitros de maneira mais científica e menos subjetiva. Ao final, o árbitro Raphael Claus (SP/FIFA) e os assistentes Guilherme Dias Camilo (MG/FIFA) e Bruno Raphael Pires (GO/FIFA) tiveram os melhores desempenhos da competição.

– Feliz demais pelo momento. A gente sabe que o Campeonato Brasileiro é muito difícil são 38 rodadas de jogos muito disputados. Então, passar dois anos legitimando todos os resultados das partidas que pudemos trabalhar é muito importante e gratificante – disse Claus, premiado pelo segundo ano consecutivo como melhor árbitro do Brasileirão.

Cada profissional foi observado por analistas de campo e vídeo, treinados para a utilização da ferramenta em programa oferecido pela CBF e pela Escola Nacional de Arbitragem de Futebol (ENAF) no início do ano. A opção por este método de análise foi feita para atender à realidade da arbitragem, sem deixar escapar o fator campo, mas também pontuando de maneira objetiva cada lance marcado no decorrer do jogo. A partir daí as análises de campo e vídeo são comparadas pela Comissão de Arbitragem que, juntamente com a ENAF, realiza um terceiro relatório para chegar a nota final de cada oficial.

Dentro do sistema foram elencadas as possíveis ações da arbitragem no jogo como marcação de faltas, impedimentos e cartões. Alinhando teoria à estatística de erros e acertos cada árbitro recebe uma nota. Além disso, questões de atitude perante aos jogadores e em relação ao contexto do confronto também são conceituadas. Através do RADAR é possível mensurar toda a parte técnica da arbitragem brasileira.

– Os que ganharam foram os que tiveram melhor rendimento e desempenho nos itens que a gente observa numa boa arbitragem e são merecedores deste prêmio. É importante destacar que tudo foi feito em base de dados científicos e não subjetivos. E essa interface entre comissão, analistas e instrutores com os árbitros é muito importante para seguirmos na busca pela excelência da arbitragem brasileira, que é o nosso grande objetivo – pontuou Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF.

Para a premiação final ainda foram levados em consideração: números de jogos, média de escalas, partidas com interferência, número de vezes entre os três melhores do ranking da rodada. Confira os números dos premiados desta temporada:

Melhores do Brasileirão 2017  Número de escalações   Presença no ranking da rodada*  Valor da premiação
Árbitro: Raphael Claus  18 jogos  10 vezes entre as três melhores equipes  R$ 200.000
Assistente: Guilherme Dias Camilo  19 jogos  7 vezes entre as três melhores equipes  R$ 100.000
Assistente: Bruno Raphael Pires  21 jogos  10 vezes entre as três melhores equipes  R$ 100.000

*o ranking da 38ª rodada não foi computado

Fonte: CBF

Categorias:Notícia Tags:, , ,

CBF elege Raphael Claus o melhor árbitro do Brasileiro 2017

Na noite da última segunda-feira (05), aconteceu o Prêmio Brasileirão 2017, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, na Barra da Tijuca. O campeão desta edição, o Corinthians, dominou a seleção com os melhores jogadores da competição com 4 jogadores entre os 11 escolhidos, que ficou assim:

Vanderlei (Santos), Fágner (Corinthians), Geromel (Grêmio), Balbuena (Corinthians) e Guilherme Arana (Corinthians); Arthur (Grêmio), Bruno Silva (Botafogo), Hernanes (São Paulo) e Thiago Neves (Cruzeiro); Dourado (Fluminense) e Jô (Corinthians).

O atacante Henrique Dourado, do Fluminense, foi artilheiro da competição com 18 gols, ao lado de Jô. Além de campeão, o técnico Fábio Carille levou o prêmio de melhor técnico e técnico revelação.

O volante Arthur, do Grêmio, foi considerado a revelação do campeonato e o gol mais bonito do Brasileiro foi o gol de falta marcado por Hernanes, do São Paulo, contra a Ponte Preta, ele ainda foi eleito o Craque da Galera. O Grêmio ganhou o prêmio Fair Play, recebido pelo zagueiro Geromel.

O destaque da arbitragem ficou com Raphael Claus (SP/FIFA), escolhido o melhor árbitro, além dos assistentes Guilherme Dias Camilo (MG/FIFA) e Bruno Raphael Pires (GO/FIFA), que tiveram os melhores desempenhos da competição segundo avaliação da própria CBF.

CBF Social lança “Apitinho de Ouro” em São Paulo

28/03/2017 1 comentário

“Posso ser árbitro?”. O peculiar pedido da criança na atividade com bola retrata o sucesso do lançamento do “Apitinho de Ouro”. Ação inédita no Brasil, o projeto incluído no CBF Social em São Paulo não só disseminou o trabalho da arbitragem como despertou o interesses dos 70 meninos, de 7 a 14 anos, que participaram das atividades, nesta segunda-feira (27), na Escola de Futebol da Aclimação.

Idealizador do “Apitinho de Ouro”, José Roberto Wright, ex-árbitro e membro da Comissão Independente de Arbitragem, conduziu o encontro com o árbitro da FIFA Raphael Claus e Márcio Verri Brandão, assistente da ENAF. De forma lúdica e simplicidade, os três profissionais transmitiram conhecimentos básicos sobre a arbitragem no futebol.

– Sempre fui uma pessoa dedicada à arbitragem e sentia uma necessidade de renovação. Não necessariamente da criança virar um árbitro de futebol, mas de aprender, ter gosto, como jogam uma pelada de futebol. O essencial é que eles aprenderam e gostaram. O lançamento do Apitinho de Ouro foi ótimo. Muito bem organizado. O CBF Social é um sucesso absoluto e o Apitinho é uma soma nesse sucesso já existente – analisou Wright.

Representante de São Paulo no quadro da FIFA, Raphael Claus se mostrou entusiasmado ao final da experiência. Surpreso com o nível de conhecimento e interesse dos participantes, o árbitro elogiou a primeira edição do Apitinho de Ouro.

– É muito gratificante. Estou muito feliz de ver o conhecimento de alguns garotos. O Apitinho de ouro é um projeto fantástico da CBF e com certeza vamos conhecer frutos disso. Isso tudo é fantástico. O futebol me deu tudo na vida. O que eu puder dar de retorno para o futebol, ficarei muito feliz – afirmou Raphael Claus.

Ao fim da manhã, além da experiência única adquirida, cada um dos participantes recebeu um apito e cartões de presente.

Fonte: CBF

Categorias:Notícia Tags:, , ,

Trio paulista é eleito o melhor da arbitragem do Brasileirão 2016

melhores-2016-cbf

Na noite de ontem (12) foi realizada a festa na sede da CBF de encerramento do Brasileirão 2016, premiando os melhores do torneio escolhidos por cerca de mil jornalistas que votaram. O craque deste ano foi o atacante Gabriel Jesus do Palmeiras, enquanto a revelação foi Vitor Bueno do Santos Futebol Clube.

A seleção escolhida do campeonato foi a seguinte: Jaílson (Palmeiras); Jean (Palmeiras), Pedro Geromel (Grêmio), Yerri Mina (Palmeiras) e Jorge (Flamengo); Tchê Tchê (Palmeiras), Moisés (Palmeiras), Diego (Flamengo) e Dudu (Palmeiras); Robinho (Atlético-MG) e Gabriel Jesus (Palmeiras).

Durante a premiação, o melhor trio de árbitros do Brasileirão foi anunciado: Raphael Claus e os assistentes Marcelo Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo. Todos são integrantes do quadro da Federação Paulista de Futebol.

Na segunda posição ficou o trio catarinense composto por Bráulio da Silva Machado (Aspirante Fifa), Neuza Inês Back e Alex dos Santos. Completando o pódio com dos 3 melhores trios, que tem direito a prêmio, veio outro trio paulista com Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Márcia Bezerra Caetano e Alex Ang Ribeiro.

As melhores equipes de arbitragem receberão um total de R$ 500 mil em premiação, sendo R$ 300 mil, R$ 150 mil e R$ 50 mil para os três primeiros trios, respectivamente.

O ranking para a premiação dos árbitros é elaborado da seguinte forma: após todos os jogos, um analista de campo e um analista de vídeo dão uma nota para o trio de arbitragem. As notas são processadas por um Comitê formado pelos ex-árbitros Vitor Pereira (português, que apitou em Copas do Mundo), José Roberto Wright e Cláudio Cerdeira. Esse comitê referenda ou reforma as notas dadas pelos analistas.

Com base nessas notas é elaborado o ranking nacional da arbitragem – que em 2016 termina com o trio paulista na liderança.

Confira o ranking com os 10 melhores trios do Brasileirão 2016:

ranking-cbf-2016

melhores-cbf-2016

Trio paulista comanda a final da Copa do Brasil 2014

luiz-flavio-de-oliveiraEm sorteio realizado no dia de hoje, a CBF definiu a arbitragem do jogo final da Copa do Brasil 2014, disputada entre Cruzeiro e Atlético-MG, clássico regional mais que tradicional no futebol. o Atlético venceu a primeira partida por 2 a 0 e leva a vantagem do empate no próximo jogo.

Foram selecionados 5 árbitros para apitar a decisão: Anderson Daronco (RS), Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS), Luis Flávio de Oliveira (SP), Raphael Claus (SP) e Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO). Deste, atualmente 2 são do quadro internacional da FIFA, e os outros 3 foram agraciados com o escudo para a temporada de 2015.

Porém, a sorte ficou com o paulista Luis Flávio, que será assistido pelos bandeiras Marcelo Van Gasse (FIFA/SP) e Emerson Carvalho (FIFA/SP), que atuaram na Copa do Mundo 2014 no Brasil. Os árbitros assistentes adicionais serão Ricardo Marques (FIFA/MG) e Paulo Bezerra (SC). O quarto árbitro será o gaúcho Anderson Daronco, o assistente reserva será Guilherme Dias Camilo (MG), o assessor de arbitragem será o mineiro Alicio Pena e o delegado será o paulista Nilson de Souza Monção.

Confira o vídeo do sorteio:

CBF divulga lista de árbitros FIFA para 2015

30/10/2014 1 comentário


1617539_full-lnd

No último dia 26, a Comissão de Arbitragem da CBF encaminhou à FIFA a nova relação de árbitros e assistentes para a lista FIFA de 2015, para os grupos masculino e feminino.

As escolhas foram feitas após reuniões realizadas com instrutores, componentes dos órgãos da arbitragem da CBF (CA, ENAF e Corregedoria) e com base na análise do desempenho e a possibilidade de participação em competições internacionais futuras.

Os árbitros que participaram da Copa do Mundo 2014 foram mantidos, inclusive pelo belo desempenho na temporada (Sandro Ricci, Emerson Carvalho e Marcelo Van Gasse). Além destes, também foram mantidos os que participaram do processo da Copa do Mundo 2014 (Héber Lopes, Leandro Vuaden e Alessandro Rocha Matos); os pré-selecionados pela CONMEBOL (árbitros: Ricardo Marques e Wilton Sampaio e os assistentes: Kleber Gil, Bruno Boschilia, Cleriston Clay e Fabricio Vilarinho).

Entre os árbitros figuram 4 novos nomes, os paulistas Raphael Claus e Luis Flávio de Oliveira, além do gaúcho Anderson Daronco e Dewson Freitas.

Da lista atual de 2014, saíram os árbitros Marcelo de Lima Henrique (RJ), com 43 anos, Francisco Carlos do Nascimento (AL) e os recém aposentados da arbitragem Paulo César de Oliveira (SP) e Wilson Luiz Seneme (SP). Oliveira se tornou comentarista esportivo da TV Globo e Semene integra a Comissão de Arbitragem da Conmebol.

Os assistentes Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Márcio Santiago (RJ) também foram preteridos da nova lista.

Confira a nova lista completa.

ÁRBITROS FIFA:

  • Wilton Pereira Sampaio (GO)
  • Dewson Freitas (PA) – NOVO
  • Anderson Daronco (RS) – NOVO
  • Ricardo Marques Ribeiro (MG)
  • Raphael Claus (SP) – NOVO
  • Luiz Flávio de Oliveira (SP) – NOVO
  • Pericles Bassols Cortez (RJ)
  • Leandro Vuaden (RS)
  • Sandro Meira Ricci (PE)
  • Heber Roberto Lopes (SC)

ÁRBITROS ASSISTENTES FIFA:

  • Bruno Boschilia (PR)
  • Rodrigo Corrêa (RJ)
  • Guilherme Camilo (MG)
  • Fabrício Vilarinho (GO)
  • Cleriston Rios (SE)
  • Fábio Pereira (TO)
  • Kleber Gil (SC)
  • Alessandro Rocha Matos (BA)
  • Marcelo Van Gasse (SP)
  • Emerson Carvalho (SP)

ÁRBITRAS:

  • ANA VALENTIN
  • SIMONE SILVA
  • REGILDENIA MOURA

ÁRBITRAS ASSISTENTES:

  • NEUZA BACK
  • NADINE BASTOS
  • JANETTE ARCANJO
  • MARCIA CAETANO
Categorias:Notícia Tags:, , ,
%d blogueiros gostam disto: