Arquivo

Posts Tagged ‘Perassi’

Museu do Futebol promove debate sobre a tecnologia do VAR no Brasil

O árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) foi novidade na Copa do Mundo da Rússia, onde a ferramenta conferiu índice de 99,3% de acerto, segundo dados divulgados pela Fifa. No Brasil, o VAR começou a ser utilizado nas quartas de final da Copa do Brasil durante a última semana e no próximo dia 10 de agosto, sexta-feira, o Museu do Futebol, em São Paulo, promoverá um debate gratuito a partir das 19h (de Brasília) sobre o uso da tecnologia no futebol brasileiro, com a presença de especialistas no assunto.

O principal objetivo do VAR é acabar com possíveis dúvidas em lances considerados polêmicos dentro do gramado. A versão utilizada em solo brasileiro, no entanto, causa uma série de dúvidas, já que aqui existe uma série de mudanças em relação à ferramenta utilizada na Rússia, como o número de câmeras e a geração de imagens, que usará sinais de duas emissoras de televisão.

É justamente por esse motivo que a instituição programou o evento, que será realizado no auditório, com nomes como Manoel Serapião Filho, instrutor de árbitros e idealizados do VAR; Sandro Meira Ricci, árbitro que trabalhou nas duas últimas Copas (2014 e 2018), inclusive tendo participado da equipe da Fifa para o uso da tecnologia no Mundial da Rússia; Raphael Claus, árbitro Fifa por São Paulo; Fernanda Colombo, ex-auxiliar de arbitragem e escritora; e Roberto Perassi, ex-árbitro, instrutor de árbitros da Fifa e da Conmebol e diretor de desenvolvimento de arbitragem na Federação Paulista de Futebol.

Com mediação do ex-árbitro Daniel Destro, objetiva-se discutir as mudanças do modelo, se haverá impacto no mercado de trabalho, as primeiras impressões do VAR em território nacional, quais os aspectos que podem ser melhorados, o custo da ferramenta (R$ 50 mil por partida), entre outros.

Debate: E agora, VAR? O que o árbitro de vídeo pode mudar no futebol brasileiro

Data: 10 de agosto de 2018 (sexta-feira)

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Auditório do Museu do Futebol (Praça Charles Miller, S/N, São Paulo – SP)

Participação gratuita

Anúncios

Escola de árbitros paulista inicia mais um curso para formar novos talentos

Com 57 anos de existência, a Escola de Árbitros Flávio Iazzetti da Federação Paulista de Futebol inicia nesta segunda-feira, o curso preparatório para quem procura ingressar nesta carreira. Sílvia Regina de Oliveira, Roberto Perassi e Márcio Brandão serão os instrutores técnicos, com participações em pontos determinantes, de nomes como os de Cleber Wellington Abade e Vicente Romano Neto, além de convidados: Paulo Cesar de Oliveira, Carlos Eugênio Simon e Sálvio Spínola Fagundes Filho.

Aula inaugural do curso aconteceu no Salão Nobre da Federação Paulista de Futebol, que ficou lotado

Com 300 candidatos inscritos, 120 foram selecionados e terão a formação de um ano e meio, grade curricular extensa, exemplificando a regra do jogo e a parte prática.

O curso se dividirá em três módulos divididos por semestre onde o aluno irá aprender as regras do jogo, parte física, além de cumprir todo o teste aplicado pela FIFA e as suas diretrizes.

A diretora da Escola de Árbitros, Sílvia Regina mostrou-se empolgada com o início do curso. “É o primeiro como diretora que pego desde a abertura até o encerramento e espero formar o meu primeiro árbitro FIFA. Quero que os alunos tenham consciência do que é ser um árbitro de futebol, isso é o mais importante. Às vezes as pessoas fazem o curso e acham que irão apitar no Morumbi ou Pacaembu depois que se formarem. Quero que olhem a importância em ser árbitro também no sub 11, sub 15 e campeonatos femininos”, declarou a ex-árbitra.

Segundo pesquisa realizada na Escola de Árbitros a maioria dos inscritos já atuaram em jogos amadores de seus bairros ou cidades e por isso possuem alguma experiência na área, o que deve facilitar no entendimento das aulas.

Sobre a procura do público feminino, a instrutora do curso acredita que seja maior que no ano passado. “Elas se interessaram bastante, espero que a gente forme também árbitras que queiram apitar o jogo efetivamente”, afirmou Sílvia Regina.

Mayra é jovem, faz faculdade de esportes e viu na arbitragem uma possibilidade de seguir carreiraPara a aluna Mayra de Moura, de apenas 21 anos a paixão pelo esporte falou alto na hora de escolher uma área ligada ao futebol. “Tomei um rumo diferente de algumas amigas que é a parte de arbitragem e como faço faculdade de esportes me interessei pelo curso”, contou a postulante a ser árbitra futuramente.

Já Wendel Soares, de 26 anos, o curso é uma grande oportunidade em fincar seu nome no cenário do apito. “A expectativa é grande em fazer um curso legal e poder atuar. Realmente todo brasileiro sonha em ser jogador de futebol, mas compatível com isso, desenvolvi interesse pela arbitragem, tive vontade e curiosidade e tenho que aproveitar esta chance”, afirmou Soares.

Roberto Perassi, um dos instrutores, destacou a importância de ser um árbitro reconhecido e renomado. “Basicamente constitui em um futuro interessante para a arbitragem não só em São Paulo, como no Brasil e na América. Quando iniciamos o curso a visão é de futuro, de gente que venha desenvolver o seu trabalho e que atinja os maiores patamares possíveis”, analisou Perassi.

Segundo ele não existe nada melhor que ver um aluno que ele ministrou aulas se destacando no cenário. “A emoção é gigantesca, porque temos muitos árbitros que passaram por aqui e chegaram a níveis internacionais, por isso espero que agora não seja diferente e no futuro estes jovens cheguem ao estrelato”, contou Perassi.

Autor: Alessandro Yara Rossi
Fonte: Federação Paulista de Futebol
Link: http://www.futebolpaulista.com.br/info_texto.php?cod=49921

Categorias:Notícia Tags:, , , ,

Instrutores paulistas na pré-temporada de Sergipe

A temporada 2011 do futebol profissional sergipano começa no dia 06 de feveiro e os árbitros já estão em pleno vapor. O presidente da Comissão de Arbitragem do estado, o Coronel Marcony Cabral, convocou todos os seu árbitros para os trabalhos de preparação para o ano que se iniciou.


A pré-temporada teve início no dia 8 de janeiro com a realização da uma avaliação física, comandada pelos professores Valmir Oliveira e Sérgio Dória, ambos da CEAF/SE, seguindo todo o protocolo do teste FIFA. E não parou por ai.

Instrutor paulista Roberto Perassi

No dia 24 as atividades retornaram com a realização  da abertura oficial, no Hotel Parque dos Coqueiros, com a presença do ilustríssimo presidente da Federação Sergipana de Futebol (FSF), senhor Carivaldo Souza. Em seguida houve uma dinâmica de grupo, conduzida pelas psicólogas Rania Knuper, Juliana Passos e Sirlene Teles.

Ainda no mesmo local, no dia 25, houve uma palestra do ex-árbitro CBF, o professor Carlos Roberto Dória, sobre confecção de súmulas e relatórios, seguido da avaliação teórica dos árbitros locais.

Quarta-feira, dia 26, a palestra foi sobre orientações gerais para observadores da CEAF, comandado pelo instrutor Roberto Perassi, de São Paulo, formando pela FIFA. Na parte da tarde hove o treinamento técnico e dinâmica de arbitragem para os árbitros e assistentes recém formados, comandado por Perassi e Márcio Verri Brandão, também de São Paulo. Ambos fazem parte do programa Árbitro Futuro III. O mesmo treinamento foi realizado para a ala feminina, conduzido pela ex-árbitra FIFA e diretora da escola de árbitros da Federação Paulista de Futebol, Silvia Regina de Oliveira.

Durante o período noturno, o promotor de justiça, doutor Deijaniro Jonas, falou sobre as inovações da lei 12.299/2010 – Novo Estatuto de Defesa do Torcedor. E para fechar o dia, o auditor do TJD da FSF, doutor Samuel Daud, palestrou sobre “o que deve saber o árbitro de futebol sobre a justiça desportiva”, suas obrigações e penalidades.

Silvia Regina e Márcio Verri são instrutores de São Paulo

Ontem, dia 27, os instrutores paulistas – Perassi, Verri e Silvia Regina – voltaram com o treinamento técnico e dinâmica de arbitragem para os árbitros e assistentes relacionados para a termporada 2011. E na data de hoje, os instrutores deram o treinamento conjunto para árbitros e assistentes.

No dia 29 de janeiro, sábado às 7hs Hotel Parque das Águas, haverá um trabalho de  preparação física coordenado pelo professor Sérgio Dória, seguido de  avaliação teórica.

O encerramento da pré-temporada está previsto para as 10h30 do sábado 29, com uma palestra de orientações gerais sobre o Campeonato Sergipano da Série A-1, proferida pelo Coronel Marcony Cabral, presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol.

O sorteio do árbitros da primeira rodade do campeonato deve ocorrer na quinta-feira, dia 3 de fevereiro, no auditório do TJS, na FSF, após uma reunião com os árbitros.

Boa sorte aos árbitros de Sergipe!

Categorias:Notícia Tags:, ,
%d blogueiros gostam disto: