Arquivo

Posts Tagged ‘Wilton Sampaio’

Árbitro de vídeo decide o campeonato pernambucano

A partida final do estadual de Pernambuco fez uso do novo recurso do Árbitro de Vídeo (AV) para acompanhar os lances e as decisões da arbitragem que foi comandada pelo árbitro Fifa de Goiás, Wilton Pereira Sampaio. Jogaram Salgueiro e Sport e o time da capital desbancou o mandante pelo simples placar de 1 a 0, com gol de Éverton Felipe, dando ao Leão seu 41º título estadual.

No entanto, uma polêmica surgiu aos 25 minutos do segundo tempo da final quando o árbitro central anulou o gol do Salgueiro, após o assistente Emerson de Carvalho ter assinalado uma irregularidade após a cobrança de escanteio, informando que a bola havia saído pela linha de fundo antes do gol ter sido marcado. A partir daí o AV, Péricles Bassols, reviu o lance pelo seu monitor de vídeo e a arbitragem chegou à conclusão que a bola teria de fato cruzado a linha de fundo na cobrança do tiro de canto, ratificando a decisão de invalidar o gol. Foram 5 minutos de jogo parado para a revisão do lance até a tomada de decisão. Ainda nenhuma imagem clara e conclusiva foi divulgada para apoiar ou contestar a decisão tomada.

Arbitragem do jogo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Árbitro de vídeo: Péricles Bassols (FIFA-PE)
Árbitros Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos FIFA-SP)

Os melhores árbitros dos estaduais de 2015

08/05/2015 1 comentário

Neste fim de semana se inicia mais uma temporada dos campeonatos nacionais da CBF, fechando o ciclo das competições estaduais em quase todo país.

Como de praxe, todo fim de campeonato tem seus destaques, e são eleitos melhores na arbitragem. O Refnews destaca alguns dos melhores árbitros e assistente dos estaduais do Brasil.

São Paulo

O Santos sagrou-se o campeão estadual de 2015 em São Paulo após vencer o Palmeiras na final. O trio de arbitragem de último jogo foi eleito o melhor da competição e embolsou o prêmio de R$ 200 mil, sendo 100 mil ao árbitro e 50 mil a cada assistente. Foram premiados também o segundo e terceiro melhores trios de arbitragem. São eles:

Melhor Árbitro: Árbitro Guilherme Ceretta de Lima.
Melhores Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro.

Segundo colocado: Thiago Duarte Peixoto como árbitro e os assistentes Anderson José de Moraes Coelho e Carlos Augusto Nogueira Junior.
Terceiro colocado: Vinicius Gonçalves Dias de Araújo como árbitro e os assistentes Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Tatiana Sacilotti dos Santos Camargo.

premio-2015-fpf-2

Melhor trio paulista: Emerson, Cel. Marinho (presidente CEAF/SP), Ceretta e Alex Ang.

Arbitragem das finais:

Palmeiras 1 x 0 Santos – Árbitro: Vinicius Furlan; Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Anderson José de Moraes Coelho; Quarto Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima.
Santos 2 x 1 Palmeiras – Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima; Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro; Quarto Árbitro: Thiago Duarte Peixoto.

Rio de Janeiro

No Carioca o Vasco foi o grande vencedor do torneio em partida disputada contra o Botafogo. Nenhum dos árbitros dos jogos finais, porém, foi eleito como o melhor da competição. Sobrou para outro nome, mais experiente e com escudo internacional da FIFA.

Melhor Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez.

Arbitragem das finais:

Vasco 1 x 0 Botafogo – Árbitro: Luis Antônio Silva dos Santos, o Índio; Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Silbert Faria Sisquim.
Botafogo 1 x 2 Vasco- Árbitro: Wagner Magalhães como árbitro; Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Dibert Pedrosa Moisés.

Minas Gerais

Por pouco a Caldense não se sagrou campeã estadual pela primeira vez. Precisava apenas de um empate mas o Atlético venceu o jogo e colocou a mão na taça.

Melhor Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira.

Arbitragem das finais:

Altético 0 x 0 Caldense – Árbitro: Cleisson Veloso Pereira; Assistentes; Guilherme Dias Camilo e Márcio Eustáquio Souza Santiago.
Caldense 1 x 2 Atlético – Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira; Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Janette Arcanjo; Quarto Árbitro: Igor Benevenuto.

Rio Grande do Sul

Em mais uma final com o clássico Gre-Nal, o gaúcho terminou com o Internacional como campeão.

Melhor Árbitro: Anderson Daronco.
Melhor Assistente: Marcelo Bertanha Barison.

Segundo colocado: Leandro Pedro Vuaden como árbitro e o assistente Rafael da Silva Alves.
Terceiro colocado: Jean Pierre Lima como árbitro e o assistente José Javel Silveira.

Arbitragem das finais:

Grêmio 0 x 0 Internacional – Árbitro: Anderson Daronco; Assistentes; José Javel Silveira e Julio César Rodrigues dos Santos. Quarto Árbitro: Daniel Soder.
Internacional 2 x 1 Grêmio  – Árbitro: Leandro Pedro Vuaden; Assistentes: Rafael da Silva Alves e Marcelo Bertanha Barison; Quarto Árbitro: Roger Goulart.

Bahia

Com uma goleada histórica de 6 a 0 sobre o Vitória da Conquista, o Bahia foi o grande campeão de 2015. O melhor árbitro da competição, no entanto, comandou a primeira partida da final.

Melhor Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo.
Melhores Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias.

melhores-baiano-2015

Arbitragem das finais:

Vitória da Conquista 3 x 0 Bahia – Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo; Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias; Quarto Árbitro: Eziquiel Sousa Costa.
Bahia 6 x 0 Vitória da Conquista – Árbitro: Jailson Macêdo Freitas; Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Jucimar dos Santos Dias; Quarto Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.

Santa Catarina

Um campeonato ainda sem campeão definido, embora o Joinville tenha vencido segundo o regulamento. O catarinense ainda está em aberto, pois a decisão vai acontecer no Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC).

Melhor Árbitro: Sandro Meira Ricci.
Melhores Assistentes: Nadine Câmara Bastos e Kléber Lúcio Gil.

Arbitragem das finais:

Figueirense 0 x 0 Joinville – Árbitro: Celso Amorin; Assistentes: Neuza Inês Back e Eli Alves.
Joinville 0 x 0 Figueirense – Árbitro: Sandro Meira Ricci; Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos e Helton Nunes.

melhores-sc-2015

Pernambuco

O Santa Cruz não decepcionou e venceu a compeonato em cima do Salgueiro. O trio da primeira final foi eleito o melhor da competição.

Melhor Árbitro: Marcelo de Lima Henrique.
Melhores Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Fernanda Colombo Uliana.

Arbitragem das finais:

Salgueiro 0 x 0 Santa Cruz – Árbitro: Marcelo de Lima Henrique; Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Fernanda Colombo Uliana; Quarto Árbitro: Ana Karina Marques Valentim.
Santa Cruz 1 x 0 Salgueiro – Árbitro: Emerson Luiz Sobral; Assistentes: Albino de Andrade Albert Junior; Quarto Árbitro: Gleydson Ferreira Leite.

Paraná

Destaque para o campeão paranaense deste ano ao time do Operário que bateu o Coritiba nas duas partidas da final.

Arbitragem das finais:

Operário 2 x 0 Coritiba – Árbitro: Rafael Traci; Assistentes: Moises Aparecido de Souza e Luciano Roggebaun.
Coritiba 0 x 3 Operário – Árbitro: Adriano Milczvski; Assistentes: Bruno Boschilia e Pedro Martinelli Christino.

Goiás

No goiano deste ano o Goiás mais uma vez sagrou-se campeão, agora em cima do Aparecidense, que fez sua primeira final.

Melhor Árbitro: Wilton Pereira  Sampaio.
Melhor assistente: Fabrício Vilarinho.

Arbitragem das finais:

Aparecidense 0 x 2 Goiás – Árbitro: Wilton Pereira Sampaio; Assistentes: Márcio Soares e Bruno Pires.
Goiás 1 x 1 Aparecidense – Árbitro: Elmo Resende; Assistentes: Fabrício Vilarinho e Jesmar Miranda.

Mato Grosso do Sul

Pelo estadual Sul Matrogrossense o Comercial levantou a taça após enfrentar o Ivinhema. O árbitro da primeira final foi eleito o melhor do ano.

Melhor Árbitro: Erlanderson Martinez Rodrigues.
Melhor Assistente: Eduardo Gonçalves da Cruz.

Arbitragem das finais:

Comercial 0 x 0 Ivinhema – Árbitro: Erlanderson Martinez Rodrigues; Assistentes: Vanessa Abreu de Amaral e Leandro dos Santos Ruberdo.
Ivinhema 2 x 3 Comercial – Árbitro: Paulo Henrique Vollkopf; Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz e Daiane Caroline Muniz dos Santos.

melhores-mt-2015

Trio paulista comanda a final da Copa do Brasil 2014

luiz-flavio-de-oliveiraEm sorteio realizado no dia de hoje, a CBF definiu a arbitragem do jogo final da Copa do Brasil 2014, disputada entre Cruzeiro e Atlético-MG, clássico regional mais que tradicional no futebol. o Atlético venceu a primeira partida por 2 a 0 e leva a vantagem do empate no próximo jogo.

Foram selecionados 5 árbitros para apitar a decisão: Anderson Daronco (RS), Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS), Luis Flávio de Oliveira (SP), Raphael Claus (SP) e Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO). Deste, atualmente 2 são do quadro internacional da FIFA, e os outros 3 foram agraciados com o escudo para a temporada de 2015.

Porém, a sorte ficou com o paulista Luis Flávio, que será assistido pelos bandeiras Marcelo Van Gasse (FIFA/SP) e Emerson Carvalho (FIFA/SP), que atuaram na Copa do Mundo 2014 no Brasil. Os árbitros assistentes adicionais serão Ricardo Marques (FIFA/MG) e Paulo Bezerra (SC). O quarto árbitro será o gaúcho Anderson Daronco, o assistente reserva será Guilherme Dias Camilo (MG), o assessor de arbitragem será o mineiro Alicio Pena e o delegado será o paulista Nilson de Souza Monção.

Confira o vídeo do sorteio:

Arbitragem da última rodada do Brasileirão 2011

Está chegando ao fim mais uma temporada do futebol brasileiro e neste fim de semana acontece a última e decisiva rodada com Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão, a Série A. Com 20 equipes na elite, o campeonato termina na sua 38a rodada, totalizando 380 jogos.

A decisão do campeão fica para o final. Brigam pelo título as equipes do Corinthians (SP), em primeiro, e Vasco da Gama (RJ), com uma diferença de apenas 2 pontos entre o líder e o vice. Um simples empate dá o caneco ao time paulista. Já o Vasco precisa vencer e torcer pelo tropeço do rival. O Corinthians só não foi campeão antecipadamente pois o Vasco virou o jogo no final contra o Fluminense no último domingo, aos 45 do segundo tempo.

O mais interessante é que, diferente de outros anos, a última rodada do Brasileirão terão muitos derbis, os confrontos entre os maiores rivais locais, o que pode dar muito mais emoção a esta decisão. Os jogos que definirão o campeão serão eletrizantes: Corinthians x Palmeiras e Vasco x Flamengo. Haja emoção!

Outra disputa eletrizante será pelas duas últimas posições do rebaixamento. Cruzeiro (MG), Ceará (CE) e Atlético (PR) tentam fugir, mas apenas um sobreviverá. Dos três times, dois enfrentarão os maiores rivais: Cruzeiro x Atlético-MG e Atlético-PR x Coritiba são os jogos. O Bahia recebe o Ceará. Já estão rabaixados Avaí e América (MG).

A CBF já definiu os árbitros das decisões. Serão 3 árbitros paulistas, 3 cariocas, 2 do Distrito Federal, 1 gaúcho e 1 paranaense. Dos 10 eleitos, 5 ostentam o escudo da FIFA. Um dos destaque é o paulista Cléber Abade, que faz sua última partida, pois aposentará do apito por ter atingido a idade limite.

Confira:

Corinthians x Palmeiras – Wilson Luiz Seneme (SP)
Vasco x Flamengo – Péricles Bassols (RJ)
Cruzeiro x Atlético-MG – Marcelo de Lima Henrique (RJ)
São Paulo x Santos – Rodrigo Braghetto (SP)
Internacional x Grêmio – Leandro Pedro Vuaden (RS)
Atlético-GO x América-MG – Héber Roberto Lopes (PR)
Atlético-PR x Coritiba – Sandro Meira Ricci (DF)
Bahia x Ceará – Wilton Pereira Sampaio (DF)
Avaí x Figueirense – Cléber Wellington Abade (SP)
Botafogo x Fluminense – Antônio de Carvalho Schneider (RJ)

%d blogueiros gostam disto: