Início > Notícia > Árbitro Paulo César de Oliveira encerra sua trajetória nos gramados

Árbitro Paulo César de Oliveira encerra sua trajetória nos gramados

paulocesaroliveira_reuChegou ao fim a trajetória de um dos principais árbitros dos últimos tempos do futebol brasileiro. Na tarde desta quinta-feira (22), Paulo César de Oliveira, 40, esteve na Federação Paulista de Futebol para anunciar o fim de sua carreira como árbitro. Em seu currículo, o profissional tem finais de Campeonatos Paulistas, jogos decisivos de Libertadores e Campeonato Brasileiro, além de partidas internacionais.

Natural de Cruzeiro, interior de São Paulo, Paulo César de Oliveira iniciou sua carreira no futebol amador em 1991, a convite de seu professor de Educação Física. No ano seguinte ingressou na liga local apitando o campeonato amador e o campeonato rural. Em 1994 Paulo César de Oliveira iniciou o curso de arbitragem na escola Flávio Iazzetti. “Completei, em 2014, 20 anos aqui na Federação Paulista, que eu sempre digo faz parte da minha vida, da minha família”, contou.

Satisfeito com sua carreira, o agora ex-árbitro destacou que realizou todos seus sonhos dentro de campo. “Foi uma trajetória vencedora, onde consegui galgar tudo aquilo que sonhava na minha carreira. Comecei em 1996 e cheguei ao quadro da primeira divisão, de forma definitiva, em 1997. Já em 1999 ingressei no quadro internacional. Passei todo esse tempo representando a arbitragem paulista como árbitro FIFA”, lembrou orgulhoso.

Dentre todas as partidas que apitou, Paulo César destacou o jogo mais especial de sua carreira. “Sou um abençoado, pois tive a oportunidade de trabalhar em muitas finais de campeonatos paulistas e em jogos de outros estados, até porque a arbitragem paulista é uma grande referência. Fiz final de Copa do Brasil, jogos decisivos de Campeonato Brasileiro e Libertadores, porém o jogo que mais me marcou foi o amistoso entre Brasil e Haiti, em um jogo da paz, onde tive o orgulho de apitar aquele jogo”, relembrou.

Cenário da arbitragem

Experiente, Oliveira comentou o atual momento da arbitragem paulista e nacional. “A arbitragem passa por um grande momento de renovação do quadro, pois se você por analisar perdemos ótimos árbitros em pouco tempo. Como exemplo, temos o Simon, o Leonardo Gaciba, que migrou para a função de comentarista, o Sálvio Espínola, que encerrou sua carreira, Wilson Seneme, que integra a comissão de árbitros da Conmebol e eu que estou parando nesse momento”, disse.

No entanto, Paulo César confia na nova geração de árbitros formados pela Escola Fávio Iazzetti. “A Federação Paulista de Futebol tem um grande quadro de árbitros e temos grandes nomes que vão manter a tradição da nossa arbitragem, como o Luis Flávio, Raphael Claus, Guilherme Ceretta e outros”, explicou.

Copa do Mundo

Já no cenário internacional, Paulo César de Oliveira acredita que a arbitragem do mundial tem tudo para ser melhor que nas últimas Copas. “Espero um trabalho muito bom, pois a FIFA vem monitorando o trabalho dos árbitros desde 2009 em todas as competições. O grande intuito é a proteção ao craque, aquele que sabe jogar, onde o Brasil tem vantagem, pois nossa seleção tem grandes jogadores. Além do Fair Play e o respeito à regra. Acredito que o nível tende a ser melhor que nas outras Copas”, finalizou.

Fonte: FPF

Anúncios
Categorias:Notícia Tags:, , ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: